23.7.19

RELIGIÃO | Seminário Vaga-lume sobre Depressão reuniu casas espíritas em Brejinho


A cidade de Brejinho, no sertão do Pajeú sediou na manhã do domingo, 21, o Seminário Espírita sobre o tema "Depressão" n visão espírita. O encontro é uma iniciativa do Projeto Vaga-lume com a colaboração e participação de casas espíritas da região. 

Tendo como base o contato e o diálogo em torno dos princípios e práticas espíritas, o projeto tem como propósito a troca de experiências dos dirigentes e colaboradores dos centros espíritas, bem como o público participante em torno de temas relevantes na ótica da Doutrina. 

O formato do projeto compreende a realização de palestras nas casas espíritas participantes. Essas palestras aconteceram no sábado, dia 20, nas cidades de Teixeira-PB, Brejinho, Itapetim, São José do Egito, Tuparetama, Afogados da Ingazeira, Sertânia, Monteiro-PB, Arcoverde e Buíque. Já na manhã do domingo, dia 21, Brejinho sediou o seminário tendo como tema "Depressão, vazio da alma". 

O Vaga-lume tem na sua coordenação o dinâmico palestrante Francisco de Assis, cuja simpatia e capacidade de mobilização é reconhecida no movimento espírita pernambucano e fora dele, sendo um dos fatores do sucesso da empreitada. O Projeto conta com outros destacados membros que se reúnem regularmente para avaliar as ações agendar sua itinerância.  













22.7.19

HÁ 11 ANOS | Viajando no tempo com fotos do blog




















TEATRO | TEMPORADA 2019 DO ESPETÁCULO "O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO"


Considerado o maior espetáculo teatral ao ar livre dos sertões, o espetáculo O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO, agita a cena cultural de Serra Talhada neste final de mês. Com texto de Anildomá Willans de Souza, direção de Izaltino Caetano e 120 atores e técnicos, o espetáculo mescla acontecimentos reais com o imaginário popular e o folclore. 

O MASSACRE DE ANGICO – A MORTE DE LAMPIÃO será encenado nos dias 24, 25, 26, 27 e 28 de julho/2019, na Estação do Forró e no Museu do Cangaço, em Serra Talhada/PE. 

SERVIÇO:
MUSEU DO CANGAÇO Ponto de Cultura Cabras de Lampião 
Vila Ferroviária, S/Nº - Centro CEP: 56.903-170 Serra Talhada - Pernambuco 
Tel: (87) 3831 3860 / 9938 6035 
E-mail: cabrasdelampiao@gmail.com 
www.pontodeculturacabrasdelampiao.blogspot.com

17.7.19

CHUVAS | No Pajeú, Brejinho é o melhor e Tuparetama com Serra Talhada os piores em qualidade de "inverno"


Os índices pluviométricos no sertão do Pajeú, de janeiro a 15 de julho deste ano confirmam uma melhora na qualidade do chamado "período de inverno sertanejo" em relação aos anos anteriores, sobretudo na "cabeça do Pajeú" tendo Brejinho como o município com maior quantidade de chuvas. De modo curioso, no entanto, o município de Tuparetama continua em situação que se repete a cada ano, ou seja, está entre os municípios menos chuvosos da região. Os dados são coletados e divulgados  na página do IPA / Governo do Estado de Pernambuco.

AGENDA| 48ª Festa Universitária de São José do Egito e 61ª Festa dos Estudantes



ESPIRITISMO | Projeto Vaga-lume de volta ao Sertão


A cidade de Brejinho, no sertão do Pajeú sediará no próximo domingo, 21, mais um Seminário do Projeto Vaga-lume. Trata-se da edição 2019 na região, iniciativa anual que se propõe a dialogar com os centros espíritas do interior do Estado de Pernambuco e Paraíba.

A base do projeto é o contato e o diálogo em torno dos princípios e práticas espíritas, favorecendo a troca de experiências como forma de enriquecer a todos os envolvidos, sejam os membros do projeto, sejam os dirigentes e colaboradores dos centros espíritas, bem como o público participante. 

O Projeto deste ano no Pajeú mantém o formato já tradicional: as casas espíritas participantes terão palestras no sábado, dia 20, e na manhã do domingo, dia 21, em Brejinho - a cidade pólo escolhida - acontecerá  o seminário do qual participam representantes de todos as demais cidades.

O Vaga-lume tem na sua coordenação o dinâmico palestrante Francisco de Assis, cuja simpatia e capacidade de mobilização é reconhecida no movimento espírita pernambucano e fora dele, sendo um dos fatores do sucesso da empreitada. O Projeto conta com outros destacados membros que se reúnem regularmente para avaliar as ações agendar sua itinerância. Os temas dos seminários e palestras de cada região, em geral são decididos pelos próprios dirigentes das casas espíritas visitadas, de acordo com suas necessidades. 

Em Tuparetama, a Palestra do sábado será às 19h
Programação do Seminário em Brejinho

4.6.19

PAJEÚ | Veja quanto choveu de janeiro a maio na região. Tuparetama é onde chove menos.


CULTURA | Projeto investiga arte poética feminina do Pajeú dos últimos 100 anos


As Poetas do Pajeú é o nome do projeto, que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, através do Funcultura, foi idealizado pela poeta e artista visual Mariana de Matos e pretende destacar a produção dos últimos 100 anos das poetas que contribuíram para a manutenção da literatura local e catalogá-las em um acervo virtual que ficará disponibilizado gratuitamente. 

O projeto está percorrendo os 17 municípios que integram a região do Pajeú (Quixaba, Iguaracy, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, Brejinho, São José do Egito, Carnaíba, Solidão, Calumbi, Tabira , Itapetim, Tuparetama, Flores, Triunfo , Serra Talhada, Igazeira e Afogados da Igazeira) em busca de diferentes perfis de poetas. 

São elas: as que já são conhecidas e publicadas; as que ainda são inéditas; de distintas gerações; poetas cantadoras de repente, emboladoras e cantoras de coco, como forma de respeitar a diversidade de formas de conhecimento e saber artístico, e entender que a experiência poética pajeuzeira apenas constata os atravessamentos das várias linguagens artísticas e a diversidade; Poetas vivas ou em memória que, não só nasceram no local, mas que também tiveram sua produção relacionada às vivências do Pajeú, colaboraram para a tradição literária local e que são reconhecidas por outras poetas e pelo público como pertencentes ao panorama literário desse território. 

As pessoas que são poetas ou disponham de informações de mulheres poetas descritas nos perfis acima podem entrar em contato com a equipe do projeto. O primeiro canal é o e-mail aspoetasdopajeu@gmail.com, que deve ser enviado contendo nome, idade, cidade, contatos e pequena descrição de suas produções poéticas. E o segundo canal são as redes sociais no Instagram e no Facebook. 

Uma vez mapeadas, as poetas catalogadas estarão em uma plataforma virtual de acesso gratuito. Através dessa área, o público poderá conhecer as produções poéticas de mulheres que contribuíram para a formação do Pajeú, além de desenvolver novas pesquisas acerca das produções individuais das poetas, promover reflexões sobre a condição e contexto de vida dessas mulheres e desenvolver novos conteúdo didáticos para o ambiente educacional, entre outros desdobramentos possíveis. 

Mais informações: (87) 99651.7752 | aspoetasdopajeu@gmail.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...