3 de fev de 2016

QUANDO CHOVE NO SERTÃO (TUPARETAMA) - RESISTIR, RENASCER, REVIGORAR (I)















1ª REUNIÃO DE 2016 DO CIMPAJEÚ - DÊVA PESSOA ANUNCIA CAPTAÇÃO DE RECURSOS PARA ATERROS SANITÁRIOS


A questão dos Aterros Sanitários na região foi uma das pautas principais da 1ª reunião do ano do Cimpajeú - Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú, realizada ontem (terça-feira, 02) em Afogados da Ingazeira.

Sob a coordenação de Dêva Pessoa, prefeito de Tuparetama, presidente do Cimpajeú, os prefeitos discutiram o Plano Integrado para implantação de aterros sanitários em três municípios (São José do Egito, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada) que receberão os resíduos sólidos dos municípios circunvizinhos. A ação conjunta de todos os municípios da região visa extinguir definitivamente os lixões a céu aberto.  

A construção de aterros sanitários é uma  exigência da Lei Federal Nº 11.445 de 5 de janeiro de 2007, que estabeleceu as diretrizes nacionais para o saneamento básico e definiu uma Política Federal de Saneamento Básico. O prazo para seu cumprimento já foi prorrogado mas os municípios não tem como fugir da obrigatoriedade de regularizarem suas coletas e destino final do lixo urbano, entre outras questões de saneamento determinadas pela lei.

Dêva Pessoa informou na reunião do Cimpajeú que graças a recursos oriundos do Escritório de Projetos do Governo de Pernambuco, via convênio, Serra Talhada terá ainda neste semestre a instalação do aterro sanitário:

“Luciano Duque teve uma participação estratégica aqui, dentro consórcio, quando foi presidente. Assim o Cimpajeú realizou o Plano de Gerenciamento Integrado Resíduos Sólidos.  A gente só poderia fazer o  atual projeto executivo se cada município tivesse o seu plano de gerenciamento de resíduos sólidos. Agora através da Secretaria de Planejamento e Gestão do governador Paulo Câmara estamos tendo a oportunidade de viabilizar 400 mil reais, proposta colocada pelo Cimpajeú, para o projeto executivo”, destacou Dêva Pessoa.



“Nós estamos trabalhando, estamos resolvendo toda a questão burocrática, para que possamos realizar o convênio. Uma vez com as certidões prontas, nós vamos lançar o edital, fazer o processo licitatório e contratar a empresa executora. Acredito que entre março ou abril estaremos assinando o contrato com o Governo de Pernambuco para liberação dos 20%, que representa a primeira parcela”, garantiu Dêva Pessoa. 

Com informações do blog Junior Campos e da Assessoria de Comunicação de Dêva Pessoa

2 de fev de 2016

POR AÍ... gente de Tuparetama em Janeiro de 2016










COLABORAÇÃO | O VOTO CERTO


*Por El Diablo

É prática comum na política brasileira e, sobretudo, no interior de Pernambuco, os cargos e empregos serem “rateados” após a eleição do prefeito entre as pessoas de sua confiança e que por consequência tenham lhe dado o voto que lhe garantiu a vitória para o poder executivo.

Vale ressaltar que confiança não tem necessariamente que implicar competência, e é ai que a coisa começa a complicar... Tenho observado de perto a dificuldade e limitação administrativa de muitos secretários, equipes de governo e cargos comissionados que são escolhidos pura e simplesmente por terem dado o seu voto ao candidato eleito ou por fazerem parte de algum grupo que “negocia”, “discute” e “troca” favores por empregos. Quando se consegue aliar a conveniência com a competência, é uma bênção! Quando não, é um verdadeiro fracasso... E quem mais sofre com isto? A população, claro!

Uma boa equipe pode mudar para melhor a imagem de um político ruim e um político bom não pode fazer muito com uma equipe ruim. Este é um fato contra o qual não resta muito para se discutir. O mais absurdo, é constatar que após tantos anos de “democracia” a política brasileira ainda vem sendo pautada pela ótica do “jeitinho”, do “arrumadinho” e da “panelinha”. Ora, se não se pode oferecer cargo público de confiança a alguém que não votou no candidato eleito ou não comunga com suas ideologias administrativas e políticas, porque não investir em uma equipe mais técnica e menos política?

A resposta a esta pergunta pode estar justamente no incômodo que o profissional competente desperta em muitos setores partidários deste país. Infelizmente para muitos políticos ser competente gera contestações desnecessárias e leva a inconvenientes que podem trazer questionamentos e falta de credibilidade a sua gestão. Sim, assim como ser professor, ser competente em qualquer que seja a área de atuação neste país é muitas vezes estar fadado ao esquecimento desvalorização profissional. É como dizer que “fulano é bom demais pra mim...” ou “Fulano é muito inteligente, por isto mesmo não serve! Chama um menos competente porque fica mais fácil manipular e comandar”. É triste, mas é assim que funciona na maioria das vezes.

Batemos no peito e dizemos que somos um povo contestador por natureza, contestador até que alguém “pise no nosso calo”, daí deixamos de ser contestadores e passamos a ser chatos e inconvenientes. E nesta história, vamos perdendo nossos talentos, deixando partir os nossos filhos para melhores oportunidades de emprego em outros lugares e vendo esmorecer nossas esperanças. O povo, este continua lá. Entra político, sai político, começa-se acordo e encerra-se acordo e povo lá, refém destas estratégias históricas e destes desmandos absurdos.

Em ano eleitoral, mais uma vez voltam a se desenhar os cenários políticos, os novos/velhos acordos, as conveniências e conivências eleitoreiras e na hora do “vamos ver” mais uma vez a pergunta que teima em persistir é:
-Doutor, arrume um emprego pro meu filho.
-Agente pode vê... Mas me diga, você e ele vão votar em quem? Porque você sabe, o emprego só sai pra quem der o voto certo!

Portanto, cuidado com a sua resposta meu caro leitor. Se acaso o seu voto tiver a falta de sorte de ser o voto errado, você pode se dar muito mal. Então surge outra pergunta que não quer calar, é melhor votar “certo” e estar preso ao comodismo ou votar “errado” e ficar em paz com sua consciência?

[]

(*)  El Diablo é pseudônimo. 
O texto enviado por email veio com a seguinte explicação: 
"Prezado Tárcio Oliveira, tudo bem?
Sou um leitor assíduo e profundo admirador de seu multi trabalho artístico. 
O motivo de não revelar minha verdadeira identidade diz respeito puramente a questões 
de cunho pessoal, profissional e de segurança, por este motivo resolvi 
adotar este pseudônimo. Estou lhe enviando este texto em anexo que escrevi 
recentemente e ficaria imensamente feliz se você pudesse avaliá-lo e, 
se possível, publicá-lo em seu Blog. *** Ressalto que o texto não tem 
objetivo algum de denegrir ou agredir diretamente qualquer 
político tuparetamense em específico. Trata-se tão somente de minha 
impressão pessoal diante do contexto político brasileiro que temos hoje.  
Grato, El Diablo"


POR AÍ... pequena enciclopédia visual do cotidiano (I)












1 de fev de 2016

2ª FEIRA AGROECOLÓGICA DE TUPARETAMA ACONTECERÁ NO PRÓXIMO DIA 11




Em reunião realizada hoje pela manhã com produtores rurais do município e representantes das secretarias de Desenvolvimento Rural e Educação ficou definida a data e programação da 2ª Feira Agroecológica de Tuparetama, que acontecerá na quinta-feira após o Carnaval, dia 11. A Feira terá início às 16h e desta vez será realizada no Pátio de Eventos (pátio da feira livre).  A 1ª Feira Agroecológica de Tuparetama aconteceu no dia 10 de Dezembro passado e foi um grande sucesso de público e de vendas, com ótima repercussão. 

EM ENTREVISTA A NILL JUNIOR NA RÁDIO PAJEÚ, DÊVA CONFIRMA INTENÇÃO DE CANDIDATURA NESTE ANO

Nill Junior e Dêva na Rádio Pajeú / Foto do blog de Nill Junior
Em entrevista ao programa Manhã Total (Rádio Pajeú) o prefeito de Tuparetama Dêva Pessoa falou pela primeira vez como candidato a reeleição no município que gerencia: “Estou empolgado, vou pra rua, sou candidato mais uma vez. Quem pode me tirar oportunidade é o povo de Tuparetama. Vamos renovar o grupo. Nossa gestão é respeitada como transparente, honesta. Nunca desviei contratos ou conduta”, disse, justificando a decisão esperada.
“Ninguém é candidato de si. Você tem que ser de um grupo. Não havia parado para tratar disso porque tenho muita coisa pra resolver: quadra, posto, praça, sistemas em Cajueiro e Santa Rita que estamos iniciando”.
Dêva falou sobre a decisão da chamada 3ª Via em disputar a prefeitura com Romero Perazzo e as críticas de que não conversou com membros do grupo mesmo após muitas tentativas. “Foram três anos dialogando, conversando, esse pessoal participando, ocupando espaço que tem acesso. Após três meses de governo já teve vereador se lançando candidato a prefeito. Pedi 30% de suplementação à Câmara, me deram 5%. Era uma base que não era base, fictícia”.
Dêva disse respeitar todos da 3ª Via, mas questiona a motivação de sua criação. “Colocam como proposta principal a mudança de Secretariado. Não é tirando A ou B que se resolve. 90% do Secretariado esteve comigo em 2008 (quando fui candidato a vereador) e na campanha pra prefeito em 2012.  Minha equipe é jovem. Ninguém pode falar de Júnior Honorato, de Anderson Rodrigues. Eles estiveram comigo. E acrescentou: “A última reunião foi pedindo cabeças como as de Gustavo Galvão,  Jeane  Pessoa, Núbia Mamede... Ninguém presta ? Eles tiveram espaço”.

31 de jan de 2016

ESCOLA ESTADUAL ERNESTO DE SOUZA LEITE SE PREPARA PARA RECEBER ALUNOS DE VOLTA ÀS AULAS


A pioneira das escolas de Tuparetama, a cinquentenária  Ernesto de Souza Leite está pronta para a receber os estudantes da rede pública de ensino que já estão se despedindo das férias e se preparando para a volta às aulas em fevereiro. A escola tem se destacado nos anos anteriores pelos ótimos resultados nas avaliações técnicas e educativas do  Governo Estadual e empenha-se para continuar com serviço de excelência em ensino e aprendizado neste ano.

A convite da gestão da escola nosso blog visitou e fotografou instalações e dependências da escola, acompanhando de perto o cuidado da equipe administrativa e seu empenho para deixar a escola limpa, linda e acolhedora. "Estamos trabalhando com muito afinco e dedicação, para receber os estudantes da melhor forma possível", comentou a diretora, Lúcia Pessoa.











Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...