¹

22.9.17

TUPARETAMA - IBGE apresenta metodologia do censo agropecuário em reunião no município

 

O Censo Agro do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está sendo preparado para iniciar em todo o país. A metodologia foi apresentada em uma reunião com a Comissão Municipal de Geografia e Estatística na sede do CRAS em Tuparetama.

O início do recenseamento está previsto para o dia 1º de outubro. No encontro o coordenador de subárea do IBGE de Afogados da Ingazeira fez uma apresentação sobre a forma como ocorrerá a pesquisa a partir de outubro. 


O censo levantará informações sobre a agricultura, extração vegetal, criação de todos os tipos de animais, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários. Os dados serão coletados por meio do preenchimento de um questionário eletrônico, quantificando o total de estabelecimentos agropecuários e o que produzem; utilização de pessoal e mão de obra; caracterização do produtor; distribuição e uso de terras e outros levantamentos do setor, todos referentes ao período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017. 

O Censo Agro em Tuparetama terá apenas 1 recenseador  responsável pela aplicação dos questionários nas propriedades locais. O último levantamento já tem mais de dez anos. O representante o IBGE também chamou a atenção para a importância do censo para os municípios, estados e país, além da garantia do sigilo das informações. Os dados preliminares do Censo Agro deverão ser divulgados pelo IBGE a partir do primeiro semestre de 2018.

CÂMARA DE VEREADORES DE TUPARETAMA REALIZA SESSÃO SOLENE REFERENTE AO IDEPE


Acontecerá na noite desse sábado (23/09), na Escola Ernesto de Souza Leite uma Sessão Solene da Câmara de Vereadores em comemoração à excelente classificação de Tuparetama no IDEPE 2016, índice que avalia a qualidade da educação no Estado. A Sessão solene homenageia o ex-prefeito Dêva Pessoa, o ex-secretário municipal de Educação Inaldo Marques e a Escola Ernesto de Souza Leite.

O GOLPE É CONTRA OS MAIS POBRES: TEMER PODE ACABAR COM O PROGRAMA DE CISTERNAS NO SEMIÁRIDO


Reconhecido pela ONU como uma das mais efetivas políticas públicas para áreas em processo de desertificação do mundo, o Programa de Cisternas, do Ministério de Desenvolvimento Social, corre o risco de ser extinto pelo governo do presidente golpista Michel Temer (PMDB). 

A proposta de Lei Orçamentária de 2018 prevê a redução de 92% dos recursos que já foram determinados para o projeto, este ano. O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), denunciou a medida. “Estamos falando de milhares de pessoas que convivem com a seca numa área que representa quase 20% do território nacional e que tem nas cisternas uma alternativa de subsistência. O corte brutal de recursos, na prática, decreta o fim do programa e acaba com a esperança de tantos nordestinos que convivem com a pobreza e a fome, diariamente”, afirmou o senador. 

Calcula-se que 350 mil famílias nordestinas sofram com a falta do equipamento que armazena água da chuva para o consumo humano e para a irrigação de produção agrícola de subsistência. 

Este ano, o orçamento o programa já teve corte significativo de recursos. Dos R$ 248,8 milhões previstos para 2017, apenas 37% (R$ 91,8 mi) foram executados. Os R$ 157 mi restantes estão contingenciados. Este ano, o valor é ainda menor, cerca de R$ 20 milhões. O valor proposto é destinado à construção de apenas 5.453 cisternas em todo o território nacional. 

Vivemos uma lógica perversa nesse governo que massacra o povo pobre deste país ao mesmo tempo em que distribui benefícios aos seus aliados.  
Estão destruindo por inanição projetos importantes, reconhecidos mundialmente e acabando com o futuro de milhões de brasileiros. Não vamos assistir a todo esse desmonte calados”, afirmou Humberto Costa.

HÁ POUCA ÁGUA NOS RESERVATÓRIOS DAS CIDADES DO PAJEÚ


O blog de Nil Junior divulgou nesta semana matéria do comunicador Anchieta Santos, com informações do repórter blogueiro Marcelo Patriota que demonstram a situação preocupante nos reservatórios das cidades do alto Pajeú.

Mesmo com boa precipitação pluviométrica, alguns municípios do Alto Pajeú não conseguiram ter os reservatórios cheios com as chuvas do inverno de 2017:  
  • No Município de Brejinho o Açude de Serraria está seco e a cidade é abastecida pela Barragem de mãe d’água localizada em Itapetim. 
  • Em São José do Egito a Barragem São José 2 tem apenas 25% de água. Já a barragem São Jose 1, está aterrada. A cidade de São Jose do Egito recebe água da Adutora do Pajeú. 
  • Em Itapetim as  barragens de Caramucuqui e Boa Vista tem 35% e 30% de água respectivamente, o que garante abastecimento por mais 12 meses para a cidade. 
  • Tuparetama tem a barragem de Bonsucesso com somente 20% de sua capacidade, mas a cidade é atendida pela Adutora do Pajeú. 
  • Santa Terezinha vive o drama da lata d’água na cabeça. As barragens do Tigre e Cascudo estão secas. 
  • Em Afogados da Ingazeira a população recebe abastecimento da Adutora do Pajeú, Adutora Zé Dantas e Barragem de Brotas, que com o inverno do ano atingiu quase 40% de sua capacidade de 20 milhões de metros cúbicos de água. 
  • Já em Iguaraci, a  Barragem do Rosário continua seu calvário de colapso total.


20.9.17

NO MEU SERTÃO - Tardes de setembro









JUSTIÇA ELEITORAL - Audiência Pública sobre Biometria em Tuparetama



A Justiça Eleitoral através da 68ª Zona Eleitoral realizará Audiência Pública no próximo dia 22 de setembro, às 9h, na Câmara Municipal de Tuparetama. O convite é da Juiza Mariana Zenaide Teófilo Gadelha. 

No evento, serão prestadas as informações e esclarecimentos sobre a revisão do eleitorado mediante incorporação de dados biométricos e fotografia. Haverá apresentação do resultado da revisão do eleitorado com coleta da biometria. 

Em Tuparetama, o local de atendimento para Biometria é o Posto de Atendimento ao Eleitor, no Teatro Municipal de Tuparetama e Cartório Eleitoral de São José do Egito. O agendamento para atendimento se dá através da página eletrônica do TRE-PE (Clique AQUI) . Mais informações no telefone (87) 3844-3807.

19.9.17

1º FESTIVAL DE REPENTISTAS DO CASARÃO DO JABRE SERÁ SÁBADO, 23


ARTIGO - A CARA DO BRASIL NOVO


Por Carlos Motta 

No país onde a Justiça dá respaldo à "cura gay", ao mesmo tempo em que proíbe a exibição de peças teatrais e absolve um pai que espancou a filha por ela ter perdido a virgindade, entre outros disparates, não pode causar espanto o fato de um fascista de quatro costados ser um dos favoritos da corrida presidencial. 

O Brasil se transformou num Estado kafkiano. ​ A impressão é de que estamos presos num pesadelo surrealista. Não há mais lógica, nem regras ou leis no funcionamento das instituições. O salve-se quem puder e o locuplete-se enquanto dá tempo dominam as ações das "autoridades". 

O governo central é comandado por uma quadrilha.  No Congresso instalou-se um imenso bazar de negócios.  Judiciário e Ministério Público atuam despudoradamente apenas em defesa dos interesses da oligarquia.  A imprensa virou uma incansável máquina de propaganda reacionária. 

Uma grande parcela da população vive em permanente estado de histeria, atacando tudo o que tem cheiro de civilização. Outra parte do povo age movida a mentalidade infantil, moldada por mensagens que substituem o raciocínio crítico por uma visão mágica do mundo, como se vivêssemos no alvorecer dos tempos. 

Sobram alguns poucos gritos, alguns fracos alertas de que, a caminhar nesse passo, muito em breve estaremos queimando bruxas, perseguindo grupos minoritários e prendendo quem discordar da ideologia dominante. 

É um contexto mais que favorável ao surgimento de um messias, um "duce", um "führer", um salvador da pátria e condutor das massas ignorantes rumo ao paraíso. O deputado fascista que promete levar o mar até Minas Gerais e conceder licença para a polícia matar quem quiser é o produto pronto e acabado deste Brasil Novo surgido das entranhas de um golpe que afastou da presidência da República uma mulher honesta, eleita com mais de 54 milhões de votos. 

A cada discurso que faz, a cada entrevista que dá, fica mais evidente que ele é a cara de um país que perdeu o passo que poderia fazê-lo menos desigual social e economicamente, e mais democrático - que poderia, enfim, levá-lo ao século 21.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...