¹

2.4.10

CONHEÇA OS ESPETÁCULOS DA MOSTRA 2010 DE TEATRO EM TUPARETAMA



Dia 07 | Quarta-feira| 14:00h
PALHAÇADAS-História de um circo sem lona
CIA. 2 EM CENA - TEATRO CIRCO E DANÇA - Recife

Risada e Risadinha são dois amigos que trabalhavam no Circo Brasil. Quando o circo pega fogo, os dois ficam sem trabalho e sem casa, então põem o que sobrou do Circo nas costas e vão para as ruas fazer apresentações. Onde tem público a dupla está lá, trocando risos por algumas moedas para reconstruir o Circo Brasil e proporcionar alegria ao grande público.

FICHA TÉCNICA - TEXTO E DIREÇÃO: Alexsandro Silva DIREÇÃO DE ARTE: Alexsandro Silva e Lupercio Kallabar TÉCNICO: Flávio Santana | MÚSICO: Maurílio Silvestre e Ari Santos | ILUMINAÇÃO: Cindy Fragoso |  ELENCO: Arnaldo Rodrigues e Alexsandro Silva. | Foto: divulgação

Dia 07 | Quarta-feira| 15:30h
O AUTO DO VAQUEIRO VALENTE 
PROARTE- GRUPO DE TEATRO PROJOVEM DE TUPARETAMA

Jornada pela sertão e pela cultura nordestina, tendo como pano de fundo a busca heróica do Vaqueiro Valente pela sua amada Linda Rosa, raptada por um tirano vilão. Com o auxílio de amigos como o cangaceiro Lampião e o negro Vitorino, o herói protagoniza muitas aventuras, vivencia crenças e acompanha danças tradicionais do estado, na sua passagem pelas diversas regiões de Pernambuco.

FICHA TÉCNICA -  TEXTO E DIREÇÃO: Antônio José Xavier DIREÇÃO COREOGRÁFICA: Paulo Roberto SONOPLASTIA: Geraldo Alexandre | ILUMINAÇÃO: Alcione Ferreira | FIGURINOS E ADEREÇOS: Antônio José Xavier e Paulo Roberto | CENOGRAFIA: Antônio José Xavier | ELENCO: Aline Claro, Antônio José Xavier, Jorge Luiz, Daniel, Cíntia Martinelli, Danilo Gomes, Paulo Roberto, Taynã Mariana Ferreira, Renata Kelly, Aiumy Priscila, Yullâne Géssica, Raires e Patrícia Silva.| Foto: Tarcio Oliveira


Dia 07 | Quarta-feira| 20:30h
FEDERIKA - O Arlequim Guerrilheiro
GRUPO MANDALÁ DE TEATRO - Arcoverde

Federika, uma professora de História do Brasil atormentada pela seca, pela violência, pelo machismo e pelo conservadorismo político no sertão, enlouquece e sai mundo a fora como a porta-bandeira do caos. Como num sonho/pesadelo começa sua peregrinação rumo ao mar. Na sua loucura deseja tornar-se HOMEM e fazer o caminho de volta dos colonizadores. Bradando sermões à medida que avança em seu caminho, desvela suas origens mestiças e seu conflito interior: SER ou NÃO SER? PODER e NÃO PODER!

FICHA TÉCNICA - TEXTO: Jomard Muniz de Brito ADAPTAÇÃO DE TEXTO: Vavá Schön Paulino DIREÇÃO: Coletiva ELENCO: Claudiney Mendes (ator/maquiador) Jéssica Mendes (atriz) Renata Cordeiro (atriz/músico) Raphaella Araújo (atriz/músico) Dayres Carvalho (atriz) Irlandson Bezerra (ator/dançarino) Ronaldo Brian ( ator/músico) Clayton Tomaz (iluminador)| Foto: divulgação

Dia 08 | Quinta-feira| 15:30h
HISTÓRIA de Pingos e CHUVA
CIA. ÂNIMA DE TEATRO - Recife

O espetáculo conta a história de Pingo de Chuva, um menino que quer chover com seus amigos pingos, mas encontra diversos obstáculos. Com música e poesia, HISTÓRIA DE PINGOS E CHUVA usa o lúdico e o cômico para falar do oprimido e opressor e nos ensina que qualquer oprimido pode se rebelar e lutar pelos seus direitos.

FICHA TÉCNICA- ADAPTAÇÃO DE TEXTO E DIREÇÃO: Alexsandro Silva | DIREÇÃO MUSICAL: Carlos Ferrera |DIREÇÃO DE ARTE: Síntia Alves | ARRANJOS: Ari Santos | EXECUÇÃO DE FIGURINOS E ADEREÇOS: Síntia Alves | CENOGRAFIA : Alexsandro Silva | CENOGRAFIA: Romero Silva | MÚSICOS: Ari Santos, Maurílio Silvestre e Renato Stanlley | ELENCO: Any Neves, Cindy Fragoso, Flávio Santana, Renato Stanlley, Maurílio Silvestre e Vaneska Nascimento.| Foto: divulgação

Dia 08 | Quinta-feira| 20:30h
QUIXOTINADAS - Cruzaventuras Sertanholas 
CIA. DE EVENTOS LINOARTE – Limoeiro

A extraordinária figura de D. Quixote, criada por Miguel de Cervantes, é colocada no sertão nordestino, gerando as confusões e consequências decorrentes dessa troca de cenário. Ressuscitado a contragosto no sertão nordestino, Dom Quixote se vê diante dessa nova terra para ele desconhecida e muito estranha, cheia de contradições. Prato cheio para o velho herói que entra em uma "Cruzada Sertanhola" contra as injustiças de responsabilidade de um grande "Monstro" que o povo chama de Seca. E o "cavaleiro da triste figura" parte para uma divertida aventura para libertar a terra dos "cavaleiros de couro", a terra que mata quem lhes quer bem.

FICHA TÉCNICA-  TEXTO: Sílvio Roberto de Oliveira | DIREÇÃO: Zácaras Garcia | PRODUÇÃO EXECUTIVA: Rosângela Maria e Edvânia Correia |COREOGRAFIA: Ronaldo Patrício | DIREÇÃO MUSICAL: Carlos Janduy PERCUSSÃO: Fábio Calamy | FIGURINO, MAQUIAGEM, CENOGRAFIA E PROGRAMAÇÃO VISUAL: Java Araújo| CONTRA-REGRA: Wanderson Altieres | ILUMINAÇÂO: Horácio Falcão | OPERADOR DE LUZ: Maurício Mendes | EXECUÇÃO DE CENOGRAFIA: Pedroso Móveis e Marcos Antônio | EXECUÇÃO DE ADEREÇOS: Maciel Alves e grupo | EXECUÇÃO DE FIGURINO: Tânia Amorim | EXECUÇÃO DE CAVALO-MARINHO, BUMBA-MEU-BOI e BONECOS: Maria de Lourdes | MÚSICOS: Severino Filho, Clebson Leandro e Laurivan Barros | ELENCO: Luiz Neto, Radamés Moura, Diego Alberto, Cláudia Correia, Marcos Antônio, Geison Luiz, Edson Rodrigo, Cleiton Souza, Rita de Cássia, Lilian Larissa e Marcos Sérgio.| Foto: divulgação

Dia 08 | Quinta-feira| 22:00h
FIO INVISÍVEL DA MINHA CABECA 
CIA. DO ATOR NU – Recife


Com dramaturgia criada coletivamente a partir do conto "Além do ponto" de Caio Fernando Abreu, FIO INVISÍVEL é um monólogo sobre a busca por um sentimento que preencha o vazio, questionando conceitos construídos ao longo de nossa vida. Revela a tremenda luta interior para superar o limite que faz explodir em cada um a imensa vontade de ser feliz.

FICHA TÉCNICA-  TEXTO: Caio Fernando Abreu DRAMATURGIA: Coletiva | ATUAÇÃO: Henrique Ponzi | DIREÇÃO: Breno Fittipaldi | CENOGRAFIA E FIGURINOS: Breno Fittipaldi, Edjalma Freitas e Henrique Ponzi | PREPARAÇÃO CORPORAL: Miriam Ásfora | PREPARAÇÃO VOCAL: Rose Mary de Abreu Martins | SONOPLASTIA E TRILHA SONORA ORIGINAL: Sônia Guimarães | CRIAÇÃO, MONTAGEM E OPERAÇÃO DE LUZ: Luciana Raposo | OPERAÇÃO DE SONOPLASTIA: José Neto | PROGRAMAÇÃO VISUAL: Marcelo do Ó. | Foto: V al Lima


Dia 09 | sexta-feira| 15:30h
FABULOSAS HISTÓRIAS DO RIO SÃO FRANCISCO 
TRUP ERRANTE – Petrolina

Com a missão de despertar no público a consciência sobre a importância da preservação do Rio São Francisco, a peça leva a todos para uma navegação imaginária pelo Velho Chico, através da história de Chiquinha, uma menina que sonha com aventuras fabulosas e acaba envolvendo-se em grande confusão atravessando o Rio São Francisco numa viagem cheia de personagens do folclore brasileiro.

FICHA TÉCNICA - ELENCO: Raphaela de Paula, Brisa Rodrigues e Thiago Alves | TEXTO: Trupe Errante, a partir do folclore brasileiro | DIREÇÃO: Thom Galiano | MÚSICOS: Moésio Belfort, Dai Pinheiro e Cleibsom Bolão | FIGURINO, MAQUIAGEM E ADEREÇOS: Brisa Rodrigues | CONFECÇÃO DE BONECOS E ADEREÇOS: Brisa Dias | CENÁRIO E ARTES GRÁFICAS: Thom Galiano| Foto: divulgação

Dia 09 | sexta-feira| 19:30h
OS SETE MARES DE ANTÓNIO 
CIA. OXÊNTE DE ATIVIDADES CULTURAIS – João Pessoa

Em forma de cordel, com diálogos rimados, a peça - finalista do prêmio luso-brasileiro de dramaturgia 2008 e ganhadora do Prêmio Myriam Muniz 2009 - faz um apanhado biográfico do Padre Vieira com base nas sete viagens empreendidas entre Brasil e Portugal e vice-versa. Além de aspectos curiosos de sua vida, o texto reescreve alguns dos célebres desse grande personagem. Do ponto de vista histórico, é um espetáculo revelador, em que pese seu enfoque de uma era colonial pouco tematizada nas artes cênicas. Trata-se, finalmente, de uma peça voltada para os que buscam compreender a tão complexa obra daquele que é considerado, até hoje, um dos principais pilares da nossa língua.

FICHA TÉCNICA - TEXTO E DIREÇÃO GERAL: Tarcísio Pereira MÚSICAS ORIGINAIS E SONOPLASTIA: Maestro Eli-Eri Moura PLANO DE LUZ E OPERAÇÃO: Fabiano Diniz | MAQUIAGEM: Williams Muniz | FIGURINO: Zeno Zenarde e Ana Isaura Nogueira | CENOGRAFIA E ADEREÇOS: Chico Régis OPERAÇÃO MUSICAL: António dos Santos | ELENCO: Flávio Melo, Neury Mossmann e Sidney Costa.| Foto: divulgação

Dia 09 | sexta-feira| 21:30h
MANUAL PRÁTICO DE FELICIDADE 
TEODORA LINS E SILVA CIA. DE TEATRO – Recife

Gina, casada com Everaldo, cria uma realidade diante do medo de enfrentar as dicotomias da vida, inventando um universo virtual e potencializando os possíveis problemas de constituir uma família. Mesmo tomando como base as informações pictóricas geradas pelo texto, a encenação constitui uma ação dramática capaz de evitar a localizaçãogeográfica da cena, propondo sua fisicalização em qualquer centro urbano do mundo.

FICHA TÉCNICA- ELENCO: Alcy Saavedra e Sônia Chrstnak |TEXTO: Luiz de Lima Navarro | DIREÇÃO: Williams Sant'anna CENOTÉCNICA: Alcy Saavedra, Hammai de Assis e Sonia Christnak | GRAFITAGEM: Ariel Fernandes CENÁRIO, SONOPLASTIA e OPERAÇÃO DE SOM: Williams Sant'anna | FIGURINO: Marcondes Lima CONFECÇÃO DE FIGURINO: Maria Lima | OPERAÇÃO DE LUZ: Adriana Madasil | ILUMINAÇÃO: O Poste PROGRAMAÇÃO VISUAL: Stampa dos Pampas | FOTOGRAFIA: Ronaldo Patrício, Isadora Melo e Wedson. | 

Dia 10 | sábado| 15:30h
O HOMEM QUE FOI PARA O CÉU 
CIA. DE ARTE JOVEM DE IGUARACY – IGUARACY

Adaptado de cordel tradicional de Leandro Gomes de Barros, a história gira em torno de um pobre miserável que tem suas esperanças renovadas quando lhe aparece uma alma do outro mundo e o convida para ir ao céu com ela. Ao chegar lá, logo fica amigo de São Pedro e Santa Rita que lhe presenteiam com riquezas e muita pompa, mas ao regressar para a terra acaba passando pelo purgatório e encontrando sua sogra, que acaba atrapalhando seus planos de riqueza.

FICHA TÉCNICA - TEXTO E DIREÇÃO GERAL: Antônio José Xavier | ELENCO: Thuany Calado, Blener Vagner, Rosângela Freitas, Antônio José Xavier, Sarah Naêssa | DANÇARINOS: Aderlândia Marques, Vânia Silva, Rosângela Freitas, Ranielle Silva, Thuany Calado, Samara Rocha, Sarah Naêssa | Paulo Roberto DIREÇÃO COREOGRÁFICA: Paulo Roberto e Rejânia Aparecida de Brito | FIGURINOS E CENOGRAFIA: Antônio José Xavier ADEREÇOS E SONOPLASTIA: Paulo Roberto e o grupo | CONTRA-REGRA: Cristiany Darck.| Foto: divulgação

Dia 10 | sábado| 19:30h
GUIOMAR – A filha da mãe 
CIA. PARKAS SERTANEJAZ – Recife

A peça traça uma viagem pela memória da protagonista Guiomar, que assume um misto de loucura, ousadia e total inadequação a esquemas sociais impostos pela sociedade. A partir de uma série de frustrações na vida privada, a protagonista assume a dimensão de um País chamado Brasil e covoca para si o processo histórico dos principais acontecimentos. Como a figura central da peça, Mãe Coragem, que empurrando sua carroça vira testemunha da guerra, Guiomar revive a memória do Brasil e sua gênese política desafortunada, carregando numa outra carroça as esperanças e decepções.

FICHA TÉCNICA - TEXTO: Lourdes Ramalho | DRAMATURGIA CÊNICA: Moncho Rodrigues DIREÇÃO E DIREÇÃO DE ARTE: Moncho Rodrigues, Augusta Ferraz | PESQUISA MUSICAL E DESENHO DE LUZ: Augusta Ferraz | EXECUÇÃO DE ILUMINAÇÃO E CONTRA-REGRA: Fita. | Foto: divulgação

Dia 10 | sábado| 22:00h
A PAIXÃO E A SINA DE MATEUS  E CATIRINA 
TROPA DO BALACOBACO - Arcoverde

O drama enfatiza a passagem dos desejos de Catirina, grávida de doze meses que leva seu marido, Mateus, a presenteá-la com a língua do boi do patrão, o Coronel. Ameaçados, dão entrada as passagens do Padre, Mãe Preta e Médico, personagens típicos que armam, sem obter resultados, as maiores estripulias tentando ressuscitar o boi. A música ao vivo, as danças e as pernas de pau, sob um cenário que remete aos toldos mambembes, aludem à Commedia Del´art, pesquisa paralela a do Boi e que embasam a encenação.

FICHA TÉCNICA- TEXTO E DIREÇÃO: Romualdo Freitas | DIREÇÃO MUSICAL: Lula Moreira e Cacau Arcoverde | FIGURINO E MAQUIAGEM: Pedro Gilberto | CENÁRIO: Romualdo Freitas eTropa | PROGRAMAÇÃO VISUAL: Pedro Gilberto | PROJETO DE ILUMINAÇÃO: Saulo Uchoa | PREPARAÇÃO CORPORAL: Fabian Queiroz | PREPARAÇÃO VOCAL: Eduardo Espinhara ASSESSORIA PEDAGÓGICA: José Manoell | FOTOGRAFIA: Rodolfo Araújo | ELENCO: Ronaldo Bryan, Pedro Gilberto, Mário Arantes, William di Castilho, Wellington França, Everaldo Marques, Givaldo Silva, Fabian Queiroz, Romualdo Freitas Fábio Silva, Fabiana Santos, Dalva Bezerra, Rodolfo Araújo, Thiago Alves.| Foto: divulgação


Dia 11 | domingo| 17:00h
VADE RETRO –A história do homem que vendeu a alma ao diabo
TROPA DO BALACOBACO-Arcoverde

O teatro de mamulengos, de larga tradição na cultura nordestina, se faz presente na MOSTRA como ESPETÁCULO DE ENCERRAMENTO, contando a engraçada história de Severo, negro e pobre, e sua paixão por Felícia, rica filha de um preconceituoso Coronel. Decidido em casar-se com sua amada Severo faz um pacto de riqueza com o Satanás ficando mais rico que o sogro e fazendo cair por terra todos os preconceitos. No decorrer da trama surgem outraspersonagens: Pomba (a gira), Raimunda, Marieta e Soledad (uma espanhola) que tentam em vão conquistar o coração de Severo...


FICHA TÉCNICA:  TEXTO E DIREÇÃO:Romualdo Freitas | DIREÇÃO MUSICAL: Lula Moreira CONSTRUÇÃO DE BONECOS: Romualdo/Tropa | PROJETO DE TENDA: Romualdo Freitas CONSTRUÇÃO DE TENDA: Gera/Tropa | SISTEMA DE ILUMINAÇÃO: Romualdo/Gera ILUMINADOR: William di Castillo | ELENCO: Romualdo Freitas, Fabiana Moraes, Everaldo Marques, Mário Arantes Ronaldo Brian, Thiago Alves, Givaldo Silva e Fábio Beserra.|Foto: divulgação

3 comentários:

Nei kS disse...

Cara, que lindo!

Queria estar ai... quem sabe um dia!

Abs!

Decanto de Poetas disse...

Merda!

:D

Parabéns!

Pedro

Anonymous disse...

Que quebre a perna!!! rsrs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...