IMAGEM DO DIA

IMAGEM DO DIA

7.4.12

ENTREVISTA COM O PREFEITO SÁVIO TORRES: "A prioridade agora é a Festa do Cinquentenário. Só vamos tratar de eleições a partir de maio."


Sávio Torres é o que podemos chamar de político por vocação. Desde muito cedo engajou-se no universo político-partidário de Tuparetama e nunca mais saiu dele. No início, com as campanhas do seu irmão Pedro Tunu, duas vezes prefeito da cidade, dos deputados e governadores dos seus partidos de 84 pra cá (PFL, PSDB, PMDB, PTB...). Depois como candidato a prefeito, perdendo a primeira campanha e saindo-se vencedor nas duas campanhas seguintes. Neste último ano do seu segundo mandato, goza de uma alta aprovação, por volta dos 90% segundo pesquisa de opinião que mandou fazer recentemente. Ao mesmo tempo, passa por um momento de alto estresse por conta da aproximação da tão aguardada e tão planejada festa de cinquentenário do município “acordo, trabalho e durmo pensando nesta festa, para que tudo dê certo”, afirma. O outro motivo de estresse é a pressão que vem sofrendo dentro do seu grupo de apoio político para a definição dos candidatos das eleições deste ano.

TVA2: Sávio, vamos começar falando sobre a Festa do Cinquentenário. Quais são as suas expectativas?
SÁVIO TORRES: As minhas expectativas são as melhores possíveis. Acredito firmemente que faremos uma grande festa, à altura do que merecem nosso município e nosso povo. Estou confiante que tudo vai dar certo porque é notável o entusiasmo geral da população. Também percebo que há o reconhecimento de que fazemos tudo com muita dedicação. A outra expectativa é quanto ao público, estamos aguardando um número muito alto de visitantes.

TVA2: Quais as maiores dificuldades você tem encontrado para realização desta festa do cinquentenário?
SAVIO TORRES: A maior dificuldade é a falta de recursos. O município de Tuparetama já é muito sacrificado por receber o menor FPM do Brasil e esta é uma festa extra, não está no orçamento normal de cada ano. Consegui poucos patrocínios embora tenha buscado muitos prováveis patrocinadores, mas as empresas e organizações assim como o governo estadual estão passando por um momento de contenção de despesas.

TVA2: Como você gostaria de ser lembrado daqui a 50 anos?
SAVIO TORRES: Como alguém que fez tudo por amor a sua terra e pelo compromisso para a melhoria e o desenvolvimento desta terra natal.

TVA2: Quais são os “presentes de aniversário” que o município ainda vai ganhar neste ano de cinquentenário?
SAVIO TORRES: Nosso presente de aniversário para Tuparetama é o trabalho, é esse conjunto de obras que vão resultar num lugar melhor para se viver. Temos muitas obras iniciadas e outras prestes a começar. Posso citar agora, de cabeça, as praças do centro da cidade, da rua Antonio Jorge e do Distrito Santa Rita, reforma no hospital, reformas nas escolas Pe. Adelmo, Francisco Chaves e José Agostinho, construção de duas quadras esportivas sendo uma no Bairro Bom Jesus e outra no Sítio Logradouro, a pavimentação em varias ruas de modo que até outubro 100% das ruas da cidade estarão pavimentadas, a construção de dois Centros Sociais, a construção do prédio para o Centro da Juventude e PETI, construção do Velório Municipal, os dois Portais de entrada da cidade já iniciados, as obras para abastecimento de água em cinco comunidades rurais, a construção de um grande posto de saúde na Rua Farmacêutico Aleixinho, já iniciado, o saneamento básico e melhorias nas passagens molhadas e prédios públicos e também a construção de 30 casas no Distrito Santa Rita e na Comunidade do Cajueiro.

TVA2: Todas essas obras já estão com recursos garantidos ou há a possibilidade de algumas “não saírem do papel” neste ano?
SÁVIO TORRES: Olha Tárcio, todas estas obras que falei já têm recursos garantidos ou seja, algumas já estão sendo realizadas e outras serão realizadas em breve . Agora, temos várias outras que estão sendo pleiteadas, a exemplo do asfalto da cidade e da ponte do Rio Pajeú. Estou correndo atrás de recursos, vamos ver se consigo para que essas também possam se tornar realidade.

TVA2: O que você pediu ao governador Eduardo Campos para o Cinqüentenário de Tuparetama?
SÁVIO TORRES: Na audiência que tive com o governador, no dia 13 de março, pedi uma ajuda para realização da festa do cinquentenário e fiz outros pleitos, que ele atendeu de imediato.

TVA2: Na visita de Eduardo Campos na Festa do Cinquentenário haverá espaço para tratar de política também?
SÁVIO TORRES: O convite foi feito para que ele venha prestigiar o município nesta data tão importante. Embora ele tenha agendado a visita, tive agora a pouco a informação de que ele fará uma viagem ao exterior nesta data. Caso venha a Tuparetama é possível que ele trate de política com nosso grupo ou com os demais grupos políticos que o apoiaram, essa será uma decisão do governador e dos seus acessores.

TVA2: Das muitas obras e ações realizadas nestes 7 anos de mandato, quais as que lhe dão maior orgulho e satisfação?
SÁVIO TORRES: Tenho muito prazer em ver as 62 casas de alvenaria substituindo as casas de taipas na zona rural. Algumas delas não tinham a menor condição de moradia digna para um ser humano, e muito menos uma família. Fico feliz em ver as pessoas vendendo e comprando na feira sob a cobertura do Pátio de Eventos, protegidas do sol escaldante da nossa região, e dos eventos lá realizados, que não são mais interrompidos pelas chuvas. Também é muito prazeroso pra mim ver as pessoas andando na passarela com segurança e saber que muitos acidente foram evitados. Fico feliz em ver as crianças na nova creche, um ambiente decente e confortável, proporcionando melhores condições para o início de uma boa educação. Faz-me bem saber que o povo da zona rural tem estradas preparadas para invernos rigorosos, sem prejuízo do direito de ir vir. Não posso deixar de dizer que me dá orgulho ver o hospital equipado com bloco cirúrgico moderno, lavanderia hospitalar, leitos e poltronas confortáveis para acompanhantes, alem de apartamentos com ar-condicionado e revestimento cerâmico.

TVA2: Assim como eu, muitas pessoas acham que você é um político que tem dificuldades de lidar com as críticas ou com opiniões divergentes das suas. Você concorda com esse ponto de vista? Quais tipos de críticas lhe incomodam mais? Por quê?
SÁVIO TORRES: Tárcio, eu acho que todo governante tem o dever de aceitar as criticas, até porque elas nos ajudam a corrigir nossos erros e falhas. Eu sei que não sou perfeito, também cometo minhas faltas. Agora o que não aceito são as injustiças, ou seja, aquele tipo de crítica feita por maldade ou má fé. Posso citar um exemplo bem recente que me deixou muito chateado e magoado: há poucos dias alguém publicou em alguns sites da região que eu não gosto de esportes, que nossa administração não apoia os esportes. Acontece que realmente eu não sou desportista assim como meus antecessores também não eram, mas dou atenção especial a este seguimento. Fizemos uma lista com algumas ações nesta área e assim qualquer pessoa de boa fé pode perceber como essa crítica foi injusta:
1- A Construção da quadra de esportes da Escola José Agostinho, em fase de conclusão.
2- A captação de recursos para a quadra da Escola Francisco Zeferino na Vila Bom Jesus, obra a ser iniciada em breve.
3- Conclusão do Estádio de Futebol, considerado um dos melhores da região, inaugurado com jogo das seleções sub20 do Sport e Santa Cruz.
4- A doação de material desportivo para equipes do município, feito permanentemente.
5- A Realização de campeonatos municipais de futebol e futsal nos últimos 7 anos.
6- Apoio intensivo no JOCIPE com participação de equipes de Tuparetama no Handebol e Futsal.
7- Apoio nas 3 edições da Copa Pajeú de Futebol.
8- Apoio ao selecionado de Tuparetama no campeonato de Patos sub17 e sub20, inclusive jogando com equipes profissionais como Nacional e Esportes.
9- Realização da Copa Pernambuco de Handebol, sediadas nesta cidade em 2011 e 2012.
10- Pintura e conservação do Ginásio de Esportes e da quadra Poliesportiva de Santa Rita.
11- Realização dos jogos escolares da rede municipal.
12- Apoio a equipe de handebol masculino no Campeonato Pernambucano.
13- Transporte gratuito para jogos escolares regionais em Afogados da Ingazeira.
14- Apoio aos jovens desportistas da cidade para testes no Clube Náutico em Recife.
15- Aquisição de ternos esportivas para seleção em 2012.

Mas não é somente este caso, também vejo muita injustiça quando alguém diz que o prefeito faz muitas obras, mas não faz o social. E este é um tipo de crítica que escuto muito. Primeiro eu gostaria de dizer que nos longos expedientes de dou na prefeitura eu atendo a todos sem discriminação e procuro ajudá-los nos mais variados tipos de problemas, me esforçando para que todos saiam satisfeitos e isto já é fazer o social. Mas também, nesta área, mantemos o Programa de Distribuição de Leite para Crianças, com contrapartida do município, distribuindo 240 litros diários, fazemos a doação de enxovais para gestantes e a doção de equipamentos para pessoas com necessidades especiais. Também doamos passagens para Recife e para outras localidades a pessoas carentes em tratamentos de saúde, a doação de exames de vista e óculos, a doação de vários tipos de exames de saúde que só podem ser feitos em clínicas ou consultórios particulares. 

E os programas sociais que implantamos no município? Tuparetama tem a Casa das Juventudes, a Coordenadoria da Mulher, o Centro da Juventude, o Pro-jovem e o PETI, que levamos também para Santa Rita e Logradouro e agora para a Mata Verde. Ainda na área social disponibilizamos advogados para defesa das pessoas carentes, damos auxílio funeral, fazemos doação de documentos e trouxemos várias vezes o Programa Balcão da cidadania com a emissão gratuita de documentos pessoais. E ainda posso citar a construção de 314 banheiros residenciais, substituição de casa de taipas por casa de alvenaria e o programa de troca de geladeiras em parceria com a CELPE, com a distribuição de mais 400 geladeiras de baixo consumo de energia. Esse número é um mérito nosso pois a maioria dos municípios da região não chegou a receber nem 100 geladeiras. Agora me responda, será que tudo isso não é fazer o social? Não tenho razão em ficar chateado quando me criticam dizendo que faço pouco pelo social?

TVA2: Quem você escuta na hora de tomar suas decisões mais importantes ou mais difíceis?
SÁVIO TORRES: Em primeiro lugar peço sempre orientação a Deus, para que Ele me ilumine na hora de tomar decisões necessárias. Em alguns momentos converso com os vereadores da base de apoio. Também a equipe de governo, quando é o caso de assunto referente às suas áreas de trabalho.

TVA2: Você é um prefeito admirado em toda região pela sua capacidade de administrar, de captar recursos e pela quantidade de obras realizadas. Tem ainda um altíssimo índice de aprovação dentro do município. Com isso você já pode considerar sua “missão” cumprida? Era essa sua expectativa quando você assumiu a prefeitura em 2004?
SÁVIO TORRES: Não considero a minha missão política cumprida porque ainda temos muito trabalho até 31 de dezembro, apenas estou consciente que temos feito muito além das condições do município...

TVA2: Sávio, da nova geração, com menos de 40 anos, quem você enxerga como político com potencial, quem você acha que poderia ser, mais adiante, seu sucessor ou seus sucessores políticos naturais?
SÁVIO TORRES: Eu prefiro não citar nomes, mas sei que temos pessoas bem intencionadas e com capacidade de governar o município. Tuparetama conta com muitos jovens com potencial para fazer política de qualidade. Com o tempo eles se revelarão e conquistarão seu espaço naturalmente, isso faz parte do processo.

TVA2: Seu partido e seu grupo já têm uma data definida para anunciar oficialmente os candidatos das eleições deste ano? Quando será?
SÁVIO TORRES: Teremos nossos candidatos lançados na primeira quinzena de maio.

TVA2: Tem muita gente dentro do grupo “pressionando” para ser candidato na chapa majoritária?
SÁVIO TORRES: Como se sabe no nosso grupo temos apenas dois pré-candidatos e os dois concordaram em só tratar deste assunto depois da Festa do Cinquentenário. Com isso nós evitamos precipitações desnecessárias e afinal a história do município é mais importante do que as divergências políticas. Fizemos esse trato para que todos participem sem confundir a Festa do Cinquentenário com campanha eleitoral.

TVA2: Com relação a essa possível coligação com o grupo do ex-prefeito Vitalino Patriota, qual sua posição?
SÁVIO TORRES: Na realidade até o momento não discutimos esse assunto, mas entendo que estamos amadurecendo, eu e Vitalino, no sentido de que não é o melhor para Tuparetama viver trocando acusações. Vivemos num município com tantas dificuldades, o que se precisa é de união para poder fazer cada vez mais.

TVA2: E sobre a nota publicada aqui no blog, com a declaração de Valmir Tunu de que é o candidato do PTB  nas próximas eleições?
SÁVIO TORRES: Olha Tárcio, eu continuo determinado a só tratar desse assunto após a Festa do Cinquentenário. Quando chegar a hora certa vou fazer isso com muita clareza e transparência junto a meu grupo político, ouvindo a todos e procurando a melhor solução sempre tentando o consenso.

TVA2: Por outro lado ouvi muitas pessoas falando que esses banners que foram espalhados na cidade com a foto de Romero ao seu lado seria uma sugestão de que ele é o seu candidato...
SÁVIO TORRES: As pessoas precisam entender e saber separar as coisas. A idéia do vice-prefeito Romero foi homenagear o município na sua data mais importante, até porque ele faz parte do atual governo, é o meu vice, então só pode ser uma foto com nós dois, não é? Entendo que assim como ele muitas outras pessoas podem também manifestar suas homenagens a Tuparetama nesta data. Isso não tem nada a ver com campanha eleitoral.

TVA2: Sávio Torres pensa em candidatar-se novamente a prefeito num futuro próximo?
SÁVIO TORRES: Como diz o ditado “o futuro a Deus pertence”. O meu objetivo é continuar trabalhando intensamente para que no final do ano eu possa dizer a mim mesmo que fiz o máximo e o melhor que pude por minha terra natal. Que no final do meu mandato eu possa dizer que fomos muito além das condições do município, que está, como já disse, entre os que recebem o menor FPM do Brasil.

TVA2: Que conselhos ou recomendações você gostaria de deixar para seu sucessor?
SÁVIO TORRES: Tenho 3 conselhos importantes para qualquer gestor: 1) Acreditar que há um Deus vivo, que pode ajudar sempre. 2) Jamais subestimar sua própria capacidade de realizar. 3) Não desistir dos sonhos e projetos que possam melhorar a qualidade de vida da população. []

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...