3.6.12

DE OLHO NAS ELEIÇÕES 2012: SEM CONSENSO, OPOSIÇÃO EM TUPARETAMA PREFERE O CAMINHO PARA O ABISMO.


Se os lemas do prefeito Sávio Torres (PTB) são “servindo a todos” e “no caminho do futuro”, a oposição a seu governo em Tuparetama, sem leme, parece optar por algo como “dispersando a todos” e “no caminho do abismo”. 

Depois de uma semana quando finalmente PSB, PR e PDS pareciam dar sinais de entendimento e união, deixando de lado suas pequenas desavenças e seus impressionantes egocentrismos, nada avançou nesse sentido e o “namoro” desandou novamente em tapas sem beijos. O porta-voz da boa notícia para Valmir Tunu (PTB) e Romero Perazzo (PP) foi o vereador Joel Gomes (PR) no seu programa das sextas-feiras, Tribuna do Povo (Rádio Bom Jesus FM). 

Joel Gomes
Num programa onde reinou o tom de pessimismo e desilusão com o cenário atual da oposição, Joel Gomes confirmou a desistência de Vitalino Patriota (PSB) em concorrer nas eleições deste ano, e por tabela, de toda sua família, com exceção de Diogenes Patriota (PR) que ainda está como pré-candidato a vereador. 

Deva Pessoa e Danilo Cabral
Dando demonstrações de que também não entende o que seria uma pretensa “neutralidade” de Vitalino e família na campanha vindoura, por precaução Joel Gomes voltou a reafirmar que independente da posição de Vitalino, não apoia nem se une politicamente ao prefeito Sávio Torres. Por outro lado, Joel Gomes tentou isentar Vitalino Patriota de qualquer responsabilidade na situação atual da oposição e, pelo menos na leitura que fizemos das entrelinhas, atribuiu a culpa ao vereador Dêva Pessoa e seu grupo político. 

Como chegou a ser cogitado para compor como vice na chapa de Dêva Pessoa, Joel Gomes foi enfático em afirmar que se depender dele e do PR, não haverá essa composição: Não sou nem serei candidato a vice prefeito nem de Dêva Pessoa nem de ninguém, nem de Lula, se ele me chamasseSerei candidato a vereador, garantiu. 

Vitalino e Vanilda Patriota
Por fim, nessa sexta-feira trágica da oposição, Joel Gomes pareceu querer colocar uma pá de cal na pré-candidatura de Dêva Pessoa: Disse que os eleitores de oposição estão sem candidato a prefeito e poderão não ter em quem votar nas eleições deste ano. Depois, em tom de brincadeira, salientou: “Tem Zé Tunu, não é? Ele não diz que vai ser candidato a prefeito?” 

A informação da neutralidade da família Patriota e o programa de Joel Gomes renderam bons frutos. Só que para Sávio Torres e seu grupo. Correligionários e indecisos que estavam “em cima do muro” esperando uma decisão de Vitalino ou um entendimento da oposição compreenderam o sinal e passaram para a base aliada de Sávio Torres. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...