¹

17.7.12

DE OLHO NAS ELEIÇÕES 2012: VEJA QUEM ESTÁ NA DISPUTA PELO SEU VOTO PARA VEREADOR

Câmara de Tuparetama - A "corrida" já começou, quem chega lá?

16 candidatos disputam uma vaga na Câmara de Vereadores de Tuparetama, todos do sexo masculino. Os registros dos candidatos estão disponíveis para consulta no site do TRE-PE

Na relação dos candidatos constam os registros de 08 candidatas femininas, mas essas candidaturas, das duas coligações que disputam as eleições em Tuparetama, são apenas para cumprir a exigência legal da cota de mulheres candidatas. Todas elas deverão desistir antes de outubro: Cristiane Bezerra (Fifita) – PTB; Jeane Pessoa (PSD); Joelma Torres Galvão (PR); Lucivanda Patrícia (PT); Marlene Leite da Silva (PP); Rosimery Amaral (PT); Rosineide Costa Tunu (PSDB) e Sueli Herculano (PSB)

Entre as informações pessoais dos candidatos no site do TRE-PE estão suas certidões criminais e declarações de bens. Os candidatos Ailton Miguel, Arlan, Danilo, Joelson, Orlando e Paulo de Zeze Inácio declararam não possuir bem algum. Entre os que declararam bens, o mais “pobre” é Sávio Pessoa, com patrimônio de 3 mil reais e o mais “rico” é Hidalberto Lima com patrimônio de 449 mil reais. Das ocupações informadas pelos candidatos a de “agricultor” prevalece, seguida das ocupações de “vereador”(?), servidor público e comerciante. 

Interessante notar também a disparidade de valores nos limites de gastos de campanha: A soma de limites de gastos dos candidatos da Coligação FRENTE POPULAR POR TUPARETAMA é de 58 mil reais, ou seja, pouco mais que limite de apenas 01 candidato da Coligação TUPARETAMA CADA VEZ MELHOR, cuja previsão de gastos do total de candidatos é de 400 mil reais.  

Confira as informações dos candidatos a vereador de Tuparetama para o período de 2013 a 2016:
















6 comentários:

Jefferson M. S. de Siqueira disse...

QUE VERGONHA!!! Como um candidato que tem um "pequeno patrimônio" se limita gastar quase 17 vezes a mais do que declara, em uma campanha política de basicamente 3 meses? O que é "400 mil reais", para um município onde cerca de 50% da população, vive com uma renda per capita de menos da metade de um salário mínimo? Sei que para medir a renda per capita, somasse todas as rendas do município e divide pelo o número da população, mas sabemos distinguir quem tem condições, com quem não tem. Não é fácil combater a pobreza em um país onde a desigualdade social "reina", mas gastar R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) com política, enquanto há muita gente necessitando de R$ 50,00, para adquirir um remédio, ou suprir suas necessidades básicas de sobrevivência, é um absurdo! Não entendo a necessidade de tanto gasto para um município do porte de Tuparetama. Enquanto alguns candidatos procuram gastar com reeleição, com falsas promessas, enganando o eleitor, acho que tem coisa mais importante para serem feitas com esse dinheiro. Mas como entender a mente de um político. Será que eles estão realmente preocupados com a população ou só buscando conquistar um “status” temporário e assim conquista a sua “glória”. Sei que cada um faz o que quiser com o seu dinheiro (rasga, toca fogo, nega, dá para um pobre (o que acho difícil), deposita na minha conta (mais difícil ainda), etc.), não quero acusar/condenar candidato do lado A ou B, do partido X ou Y. Como também não estou preocupado como vão me interpretar.

Mas tenho uma dúvida em relação ao que foi exposto no blog...

Quem serão os candidatos dos “pobres”? Os “ricos”! E os candidatos dos “ricos” serão os “pobres”? Quem vai está com quem? (Que dor cabeça!). Saber explicar é complicado, mas ser candidato a vereador com R$ 50.000,00 no “caixa”, deve ser bom! O problema é conseguir financiar em 48x sem juros.

Ai fica uma questão (ou várias)...

- E o eleitor? Será que ele está ciente do que se passa em sua volta? Será que essas informações, chegam até o seu conhecimento? De onde saiu tanto dinheiro? Como é que um candidato que “nem chegou direito no partido”, com um salário de VEREADOR, se limita gastar R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais)? Por que tanto dinheiro, para uma campanha basicamente vitoriosa?


É! Assim é a política e assim TUPARETAMA está CADA VEZ MELHOR!

Carlos Almeida Bairro bom Jesus disse...

Mentir pra justiça é pior ainda, tem candidato ai que já gastou mais de 30.000,00 e declara que só vai gastar 10.000,00.

Simão Pedro disse...

Absurdo é pouco! Tuparetama continuará nas mãos do interesse individual. Apenas 1 candidato com nível superior declarado; R$ 50.000,00 é a cota da maioria dos candidatos, parece um financiamento do Banco do Nordeste! 01 candidato diz que gastará apenas R$ 3000,00, quando todos sabem que "comprará" muito mais de 3 mil...isso precisa chegar ao povo! eu boicoto essa campanha miserável! Não quero isso para o meu município!

Priscila E. Silva disse...

deixem de ser besta o candidato gasta o que quiser e o povo em quem achar melhor... ôô povo pra converssar besteira, coloca aí tarcio esse comentario.

se não quiser votar em ninguém saiba que tem uma tecla com o nome BRANCO na maquina.

Maria José disse...

Pelo visto Priscila é uma das eleitoras que adora receber uma "ajudinha" dos vereadores. hahahah
Ser VEREADOR já virou um meio de vida. Que tristeza!

Diana Athenas disse...

Candidato pode gastar o quanto quiser: desde que não queira depois "compensar" este gasto com o dinheiro público.
Difícil mesmo é encontrar algum que não tenha essa intenção!

Esse determinismo de que "a gente vota em quem quer" (que pode muito bem ser interpretado como "a gente vota em quem dá mais"), explica muito bem o porquê de o Brasil ter apenas 3,80% de Índice de Percepção da Corrupção e ocupar o 73º lugar no ranking dos países mais corruptos do mundo!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...