¹

5.8.12

ENTREVISTA COM O CANDIDATO A VEREADOR ANDERSON RODRIGUES

Anderson Rodrigues é um dos jovens candidatos a vereador de Tuparetama. A política está na sua genética: é filho de ex-vereadores e faz parte do grupo da chamada nova geração de políticos do município, uma turma de jovens com pensamento mais à esquerda e independência dos tradicionais grupos políticos locais.  

Com Anderson nosso blog inicia a série de entrevistas dos candidatos 2012, que obedecerá a ordem alfabética.

TVA: Anderson, tanto seu pai quanto sua mãe foram vereadores em Tuparetama. Essa influência pesou na sua decisão de candidatar-se a vereador? 
Anderson: Bem Tárcio, nasci e me criei num lar onde a política sempre esteve presente, direto ou indiretamente, pois meu pai Zé de Pio e logo após a minha mãe Adeilsa Rodrigues se engajaram desde cedo na política local, e acompanhei bem de perto, observando e aprendendo o que é certo ou errado no trabalho político. 
Então houve influência sim. Mas não o bastante para fazer com que a minha pessoa também ingressasse neste meio, entretanto passei a enxergar a política com meus próprios olhos e a formular minhas próprias idéias e pensamentos, o que determinou por fim a minha decisão em colocar meu nome à prova para que seja analisado e julgado pelos eleitores de Tuparetama. 

TVA:  O que seus pais te ensinaram a respeito da vida de vereador? 
Anderson: Como já falei, eles me mostraram o caminho certo e o errado. Ao nos engajarmos num grupo político devemos compartilhar nossos ideais sempre mostrando e defendendo o que for melhor para a sociedade. Na câmara não existe um lado A ou B para que determinado grupo político seja beneficiado, quem deve ser assistido é simplesmente a comunidade, o povo. Deve-se dar prioridade ao interesse público e isso foi uma das coisas que eu herdei deles e carrego com muito orgulho. 

TVA: A sua família é muito grande e aparentemente muito unida. Tanto que tiveram grande peso na eleição de seus pais. Como está a família agora em relação a sua candidatura, você se sente apoiado por eles? 
Anderson: Com certeza! Minha família está me dando total apoio. Alguns que já tinham compromisso com outros candidatos antes de lançar minha candidatura, mas nem por isso deixam de me apoiar. Os que não podem me dar o voto, apoiam de outras maneiras que também ajuda bastante. São incentivadores e até pedem voto pra mim. 

TVA:  Você faz parte do grupo de candidatos jovens, com educação universitária, independência política e pensamento mais liberal. São citados como aqueles que podem trazer uma verdadeira renovação no legislativo municipal. Que renovação seria esta? 
Anderson: Esta renovação a grosso modo seria apenas realizar o verdadeiro trabalho do vereador, o que muitos não fazem por completo. 

TVA: Como assim? 
Anderson: Há legisladores que deveriam fiscalizar mais, fazer uma análise mais crítica de determinados projetos antes de dizer SIM ou NÃO, independente de quem  apresente tais projetos. Propor melhorias para a sociedade; aceitar e consultar as opiniões populares; embasar-se nas leis para fazer seu julgamento e não apenas acompanhar o entendimento dos que assim fazem; entre outras ações...

TVA: As pessoas com quem você conversa entendem essas idéias? Quais são as reações delas? 
Anderson: Entendem sim e acreditam que isso possa ocorrer, é por isso que além do apoio que eu tenho de pessoas com um grau de instrução menor, mas conscientes, tenho também um grande apoio de pessoas cultas e formadoras de opinião. 

TVA: Como você avalia este 1º mês de campanha? 
Anderson: Falando por nossa coligação, a FRENTE POPULAR POR TUPARETAMA, este primeiro mês está sendo difícil, trabalhoso, porque nós mesmos temos de tomar conta tudo, inclusive da documentação, pois não temos um profissional que faça a parte burocrática. 

A ficha de Anderson Rodrigues no site do TRE

TVA: E sua campanha? 
Anderson: A minha campanha está caminhando bem e na medida do possível. Temos dificuldades financeiras para o marketing político, mas nós vamos trabalhando como podemos. Com o apoio dos amigos, dos familiares e de todos que acreditam, tudo vai dar certo. 

TVA:  Além dessas, há outras dificuldades na sua campanha a vereador? 
Anderson: Não tenho encontrado tantas dificuldades, estou mostrando meus propósitos e em cima destes tenho conseguido o apoio dos eleitores. Sinto que meu nome está sendo bem aceito assim como foram os de meus pais. Dificuldades existem – a financeira – como já falei.  O político precisa fazer sua campanha e isso tem um gasto, do qual todos devem prestar contas. 

TVA: Você é um dos jovens políticos que estavam com Dêva desde o início da sua briga para ser candidato a prefeito, não?
Anderson: Exatamente! Travamos uma batalha para apresentar o nome de Dêva como candidato a prefeito desde 2008, porque acreditamos no seu grande potencial para administrar.  E continuamos nesta luta até que conseguimos alcançar este objetivo agora, graças a ajuda de outros membros da velha guarda e pessoas que enxergaram como deve ser tratada a política em Tuparetama. 

TVA: Como você avalia o seu candidato Edvan César? Quais as qualidades e potencialidades dele? 
Anderson: Eu acredito que um novo nome surge e vem para dar sua contribuição no progresso desta cidade.  Assim como Dêva, outros virão, independente de família, desde que tenham capacidade de fazer o melhor pelos munícipes,  como creio que Dêva tem. É uma pessoa simples, humilde e de coragem para enfrentar as barreiras que encontrará em sua administração. Como vereador, fez seu dever de casa e mostrou sua capacidade de trazer benfeitorias para o município assim como cumpre seu papel como extensionista do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e como professor da Rede Municipal de Ensino. Agora conseguimos viabilizar a candidatura de Dêva, vem o nosso novo desafio que é sua a aprovação pela população, para que mostre um excelente trabalho também na Prefeitura Municipal. 

TVA: Quais são os políticos que você admira e por que? 
Anderson: São muitos... Tenho um imenso apreço e admiração por Lula, que foi quem conseguiu fazer aparecer o sorriso no semblante dos mais fragilizados dando oportunidades aos que mais necessitam.  Também admiro meus pais, pela honestidade na vida política e pela formação que me deram, entre outros. 

TVA:  Que segmentos da comunidade sua candidatura representa? 
Anderson:  O poder legislativo não deixa de ser uma representação de classes. Como professor, defendo com unhas e dentes este segmento, pois acredito que o progresso de uma sociedade se dá a partir de uma educação bem estruturada. Como agricultor, também quero abraçar a causa desta classe que precisa ser bem representada. Espero contribuir também na Assistência Social e na Saúde, uma vez que o poder público tem o dever de dar assistência digna aos cidadãos. 

TVA: Quais os principais problemas da comunidade de Tuparetama que os próximos vereadores devem resolver? 
Anderson: Tárcio, há vários, como acontece em todo município. Em nossa Tuparetama, por exemplo,  na Agricultura já deveria existir uma política de recursos hídricos na Zona Rural com perfurações de poços, escavações de barragens, abastecimento simplificado com água encanada nas comunidades, entre outras. Isso sendo feito durante a gestão municipal, para que num período de estiagem como este que estamos passando não acarrete tanto sofrimento na vida do homem do campo e dos seus animais. Desse modo não necessitaríamos de soluções paliativas e de emergência como agora está precisando ser feito. Na Educação, temos uma escola do município que está de parabéns por ter sido bem conceituada pelo IDEB, estes procedimentos e metodologias devem ser ampliados para as outras escolas e nós teremos que lutar por isso. 

TVA:  O que o eleitor pode esperar de Anderson, elegendo-o como vereador? 
Anderson: Como já disse, tenho a obrigação de fazer o correto papel do vereador e este será feito. Estarei fiscalizando o poder público e requerendo prestações de contas para que possa repassar à população; criando, aprovando ou reprovando leis municipais e projetos de todas as esferas, desde que beneficiem o interesse público, para que possam ser postos em prática de forma correta; Na Câmara Municipal estarei recebendo as pessoas e ouvindo opiniões e propostas para que possa representá-las, já que o poder emana do povo e este tem o direito de se expressar.

TVA: Anderson, muito obrigado pela entrevista e boa sorte na sua campanha.
Anderson: Muito obrigado a você e a todos os visitantes do blog.  []



7 comentários:

Maria José disse...

Sabedoria, coerência e qualificação. 3 qualidades que o jovem Anderson têm e que falta muuuuuito na maioria dos que pleiteiam uma cadeira na Câmara.

Guilherme Cadez disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Guilherme Cadez disse...

Anderson parabéns pelas respostas, fico feliz vendo que Tuparetama tem a opção de escolher um jovem inteligente e compromissado como você.

Jornalista atento disse...

ENTREVISTA BOA, MAS MUITO MANEIRA, FEITA PARA LEVANTAR A BOLA DO CANDIDATO. SERÁ QUE VC TAMBÉM VAI FAZER PERGUNTINHAS SUAVES ASSIM COM OS CANDIDATOS DO PERTIDO DA SITUAÇÃO, TÁRCIO? PELO QUE SEI VOCÊ DÁ CORDA AOS CANDIDATOS DE DÊVA. SERÁ QUE VOCÊ TEM CORAGEM DE PUBLICAR ESTE COMENTÁRIO?

Lurdes disse...

Só conheço um Jornalista profissional em Tuparetama... e não é esse aí de cima.
Esse aí nem é jornalsita, nem se esforçou pra dizer em que lado está! kkkkkkkkkkk

Jornaleiro Ébrio disse...

O "Jornalista Atento" atenta para cada besteira...
Que eu saiba o blog está realizando entrevistas e não "tiro ao alvo"!

Ivaí Cavalcante disse...

Uma das forças jovem na câmara de vereadores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...