¹

26.9.12

DE OLHO NAS ELEIÇÕES 2012: ENTREVISTA COM O CANDIDATO PAULO DE ZEZÉ INÁCIO

Atual presidente do PSB de Tuparetama (Comissão provisória) e vereador candidato a reeleição, Paulo de Zezé Inácio foi um dos protagonistas do movimento de ampliação da base aliada do prefeito Sávio Torres neste ano, movimento que num primeiro momento esteve condicionado à candidatura de Valmir Tunu para prefeito. É Paulo também que ajuda na costura da reaproximação dos líderes políticos Sávio Torres e Vitalino Patriota, desejo do PSB estadual.  Vamos à entrevista com o político do Distrito Santa Rita:  

TVA: Paulo, você é um político que tem sua atuação e sua principal base de apoio na zona rural, não é verdade? Vamos começar nossa conversa contando um pouco sobre sua vida, sua formação e sua trajetória política? 
Paulo: Sim Tárcio, minha ligação é muito grande com a zona rural, até porque moro em Santa Rita e acompanho as necessidades do homem do campo procurando ajudá-lo dentro das minhas condições. Quanto a mim, faço parte de uma família muito numerosa, morei grande período de minha vida em São Paulo (capital), onde vivi tempos muito difíceis, porém, com esforço, trabalhando e estudando, consegui concluir o curso de Técnico Agropecuário no interior paulista. Já fui professor na Escola Anchieta Torres por alguns anos, porém a minha principal atividade é a agropecuária. 
O meu ingresso na vida pública aconteceu devido a impossibilidade do meu irmão Válter de concorrer a Câmara em 2004, por problemas particulares. Então decidi pegar a sua bandeira e continuar sua luta, representando a família e aqueles amigos que nos deram apoio. Com muitas dificuldades financeiras, porém com ajuda dos amigos e da família, e principalmente a confiança do povo, consegui ser eleito.

TVA: Quais são os principais problemas e desafios para as famílias que vivem na zona rural? Paulo: Vivemos numa região com muitos problemas e dificuldades, porém aqueles que vivem na zona rural por depender do clima (chuvas) é mais penalizado pela natureza. Mas respondendo o  seu questionamento quero pontuar alguns desafios: a falta de assistência técnica e a falta de investimentos públicos em projetos que realmente sejam viáveis para o setor rural; é necessário também uma educação direcionada ao homem do campo com cursos de aperfeiçoamento do mesmo e mais atenção em geral, por parte dos governantes. Mas gostaria de destacar o investimento em apicultura, realizado pelo Governo do Estado através do Prorural no nosso município, lembrando que este projeto foi  discutido e aprovado pelo Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Tuparetama (CONDRUST) que conta com participação de representantes de organizações civis. 
Dos problemas que nós do campo sofremos o mais urgente e lamentável é a situação que estamos vivendo no momento por falta de chuvas, situação esta que poderia ser amenizada se no passado os governantes tivessem pensado no futuro. Não podemos esquecer da responsabilidade dos governantes atuais, que devem fazer esforços para evitar a repetição, no futuro, de tanto sofrimento dos seres humanos e dos animais. São enormes os prejuízos para as pessoas, para a região, para o Estado e isso muito envergonha o nosso país.  Portanto, concluindo, nosso principal problema assim como de toda a região, é falta de vontade política pra solucionar a questão hídrica do nosso povo. A solução é: água, água, água, que depende da vontade dos governantes.

TVA: Quantos mandatos de vereador você já teve? Por que você resolveu candidatar-se novamente? 
Paulo: O povo de Tuparetama me confiou dois mandatos, nas eleições de 2004 e 2008, sendo que em 2008 obtive uma votação bem maior do que 2004. São mandatos dos quais muito me orgulho e sou grato aqueles que em mim acreditaram, procurando honrar cada voto. Sou candidato à reeleição para continuar a luta em defesa daqueles que no dia a dia me procuram, seja com problemas de ordem particular, seja com problemas de ordem coletiva (da comunidade), principalmente as pessoas menos favorecidas, as mais necessitadas da sociedade. Com total cuidado e carinho na área de saúde e assistência social. Continuar a luta em defesa da educação, melhor assistência aos agricultores e agricultoras e a toda a população tuparetamense, pois acredito que o poder público deve priorizar suas ações para atender as necessidades dos mais humildes. Por isso sou do PSB, partido do grande Miguel Arraes de Alencar e do maior governador do Brasil, Eduardo Campos.

TVA: Sua adesão à base aliada do prefeito Sávio Torres foi uma das grandes novidades das eleições deste ano, afinal você sempre atuou como um dos líderes da oposição. Você está sentindo-se satisfeito e bem acolhido nesta nova posição política? 
Paulo: Tárcio, fui oposição por sete ano, quase dois mandatos. Nesse período, fui fiel ao grupo do qual fiz parte. Enquanto fui oposição cumpri meu papel de vereador, com posições firmes, porém com responsabilidade e sempre com respeito ao grupo político adversário, principalmente ao gestor municipal, na pessoa do excelentíssimo senhor prefeito Sávio Torres, tão bem avaliado pelo povo. Tenho convicção que na vida, como na política, devemos ter respeito aos adversários e confiança nos amigos e aliados. Acredito na política como algo PLURAL, COLETIVO, não SINGULAR ou INDIVIDUAL, motivo que me fez rever, repensar minha situação política. 
A respeito do acolhimento na base de apoio do Governo Municipal, a qual passei a compor, estou muito satisfeito pois me sinto bem aceito pelo grupo político, pelos seus líderes e pelo povo.  Acredito neles e percebo que confiam em mim.  Confio que vão me conduzir ao meu terceiro mandato,  para que eu continue representando o cidadão Tuparetamense.

TVA: Como está a situação do PSB local, partido do qual você é o atual presidente? 
Paulo: Temos uma Comissão Provisória da qual eu sou o presidente. Esta Comissão é composta por pessoas capacitadas e dignas. Após as eleições será necessário nos empenharmos para a organização do PSB a nível local, para que possamos formar o Diretório Municipal.  Nessa etapa de organização pretendemos contemplar todos os segmentos que compõem o PSB de Tuparetama, com especial atenção ao segmento jovem, pois acho fundamental a participação dos jovens na política. Só assim teremos políticos competentes, honestos e compromissados com as causas sociais do nosso país.

TVA: A campanha está na reta final. Como estão os trabalhos da Coligação Tuparetama cada vez melhor? 
Paulo: Participei de outras campanhas, como candidato a vereador (2004 e 2008) sendo adversário do grupo do prefeito Sávio Torres.  Fui derrotado juntamente na eleição para a majoritária.  Pelas vitórias significativas do grupo do prefeito Sávio Torres percebemos  de maneira contundente como ele é organizado. Essa organização e esse espírito de união são motivos pelos quais construíram e estamos construindo uma grande vitória para Valmir Tunu no dia 07 de outubro.  Percebo que este é o sentimento geral da população, seja na cidade seja no campo. Valmir será eleito com uma vitória maior que a do prefeito atual.

TVA: Você foi um dos defensores da candidatura de Valmir Tunu para prefeito, mesmo quando ainda estava numa posição de neutralidade política. Que qualidades você gostaria de ressaltar no seu candidato e quais suas expectativas para um governo de Valmir, caso ele seja eleito? 
Paulo: Sim, fui defensor do nome de Valmir para prefeito por suas qualidades pessoais e políticas para gerir, administrar o nosso município! Vejo meu candidato Valmir com vários adjetivos que o habilitam ao cargo de defensor do povo tuparetamense, com um passado limpo e respeitado.  Foi vereador, presidente da Câmara, tem a experiência de Secretário Municipal e participa da administração municipal atual . Porém a maior virtude de Valmir é a humildade, qualidade essencial a um homem público. Tenho convicção que ele fará um grande mandato.

TVA: Assim como pedi aos outros vereadores que são candidatos a reeleição, gostaria que você nos falasse um pouco sobre suas principais ações, atuações e projetos na Câmara de Vereadores.  Paulo: Quero ressaltar minhas atuações principalmente no que diz respeito a questão social, saúde, educação, ao atendimento ao homem do campo, ressaltando que defendi e defendo o projeto que institui eleições diretas nas escolas municipais para diretor, PCC para todos os funcionários do nosso município, emendas no orçamento para atender as pessoas da zona rural. Na área social defendo a participação da população no orçamento municipal, onde quero abrir um parêntese, para lamentar a falta de participação do povo tuparetamense na política e em especial no quesito orçamento, seja no município, estado ou união. Enfim, quem sempre assiste as reuniões da Câmara sabe minhas posições. Vereador pode pertencer a bancada de oposição ou situação. Porém respeitando os pares, com humildade, responsabilidade, respeito, e acima de tudo a lei que rege o nosso trabalho.

TVA: Como você está vendo e acompanhando a situação da estiagem na zona rural? Quais medidas de atendimento estão sendo tomadas e o que você acha que precisa ser feito para melhorar ou ampliar esse atendimento às famílias atingidas pela seca? 
Paulo: Como morador da zona rural e dependente da atividade agrícola, sinto na própria pele os efeitos dessa triste e repetida situação. Vejo e lamento os danos e prejuizos aos nossos agricultores, muito sofrimento, animais morrendo de fome, os reservatórios cada vez mais escassos. Governo do Estado com ações muito tímidas e insuficientes, ações prometidas não realizadas como a ração para os animais, poços, barragens, entre outras promessas. Governo Federal através da Conab que vende milho e não entrega, pois sou mais uma vítima que comprou, pagou faz dois meses e não recebi, assim como conheço outros agricultores na mesma situação. Quanto ao Governo Municipal, não possui recursos suficientes para atender a demanda, porém sou testemunha de seus esforços para amenizar os efeitos da estiagem. Contratou pipas para auxiliar os do Estado e do Exército. Vem deixando a disposição por alguns dias semanalmente, a retroescavadeira para fazer cacimbas na zona rural, atendendo aos pequenos agricultores. Porém o mais urgente é localizar as fontes subterrâneas de água, pois estamos esgotando os mananciais do nosso município. É urgente a necessidade de recuperação de poços tubulares e a perfuração de outros, pois os chamados poços amazonas estão se exaurindo. 

TVA: Ao falar de seca e estiagem, não podemos nos esquecer da questão ambiental. A Câmara de Vereadores não conseguiu criar o Conselho de Meio Ambiente ou criou e ele ainda não foi instalado? Como vereador e membro de organizações civis, como você analisa a questão ambiental no município? 
Paulo: Posso confirmar que o Conselho do Meio Ambiente foi criado já ha algum tempo, até foram feitas algumas reuniões, mas falta funcionar de maneira efetiva. Prometo procurar o gestor municipal para cobrar o funcionamento do mesmo, chamando aqueles que defendem a causa para reforçar e apoiar a questão ambiental. Como vereador, membro de organização civil e especialmente como cidadão, é preocupante a questão do lixo próximo a cidade, e seu futuro destino, pois mudar de local não resolve.  Precisa-se de ações dos governantes e, essencialmente, educar o povo quanto a redução de resíduos e a coleta seletiva, não esquecendo de citar o fator preocupante  do grande desmatamento em nosso município.

TVA: Como é sua atuação no Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Tuparetama - CONDRUST? 
Paulo: Tárcio, sinto-me muito à vontade para falar sobre esse Conselho, pois sou membro desde sua fundação em 2001. É um Conselho que age com autonomia, com participação de vários segmentos da sociedade civil organizada em maioria as associações rurais, onde se discute os problemas e procura-se a resolução desses problemas de modo democrático e justo, pelo voto da maioria. Enfim, o CONDRUST é o maior Fórum de discussão de políticas públicas que se tem no Município. Fui coordenador por dois períodos, atualmente o coordenador é o companheiro Fafá, que representa o Sintraf - Sindicato dos Agricultores e Agricultoras Familiar de Tuparetama. 
No CONDRUST já discutimos e aprovamos várias ações como projeto para apicultura, passagens molhadas, construção de cisternas de placa - cerca de seiscentas - para agricultores rurais, reforma de barragens, sistema de abastecimendo d'água, perfuração de poços, entre outras ações, sempre em parceria com o poder público, tendo como principal parceiro o Prorural. 

Ficha do candidato Paulo de Zezé, disponível no site do TRE


TVA: Quais políticos você admira e lhe servem de inspiração e modelo? 
Paulo: A nível estadual sem nenhuma dúvida por ser um socialista convicto, admiro o imortal Miguel Arraes de Alencar. Na esfera nacional admiro o ex-presidente Lula, por tudo o que representa e principalmente por ter origem nordestina e ser de família humilde. Demonstrou que para ser um grande líder independe da classe social ou poder econômico. A nível municipal, admiro o ex-prefeito Severino Souto de Siqueira, pela dificuldade da época que se tinha para ser prefeito numa cidade pobre e pelo bom exemplo que deixou para a história política de Tuparetama. 

TVA: Quais os maiores defeitos e as principais qualidades do político Paulo e o que o eleitor pode esperar de você, elegendo-o como vereador? 
Paulo: Caro Tárcio, acredito que falar sobre mim mesmo é difícil, porém espero que esta entrevista tenha contribuído para me revelar para aqueles que ainda não me conheciam e que  tenha contribuído para ser bem avaliado pelos tuparetamenses.  O eleitor de Tuparetama pode contar e confiar em Paulo de Zezé. Por isso eu peço, vote 40000 para vereador, para continuar a minha luta em favor de tudo isto que aqui digo nesta entrevista. 

TVA: Paulo, muito obrigado pela entrevista. Eu desejo que você tenha sorte e obtenha sucesso na sua campanha. 
Paulo: Tárcio, obrigado pelo espaço para expor minhas idéias e até o dia 07 de outubro onde conto com o voto daqueles que acreditam em mim. Viva a Democracia e que todos façam desse momento político uma festa, defendendo suas bandeiras com respeito e responsabilidade. Um abraço a todos!



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...