9.9.12

FALTA ÁGUA NAS RESIDÊNCIAS. SOBRA NOS VAZAMENTOS DA REDE DA COMPESA EM TUPARETAMA

Tuparetamenses ficaram aflitos com o grande vazamento de água que se deu a partir do encanamento da rede de abastecimento da COMPESA, nas obras da adutora que levará água da Barragem do Rosário para São José do Egito.  O vazamento teve início no comecinho da tarde do dia 07 de setembro (sexta-feira) e até a manhã de ontem, sábado 08, quando foram feitas estas fotos, ainda ocorria, em menor quantidade. 

O desperdício de água causou indignação às pessoas e revela a situação dos serviços da COMPESA. Com poucos funcionários, equipamento sucateado e morosidade no atendimento - sobretudo  os emergenciais-  a empresa do governo do estado definitivamente não está preparada para enfrentar as demandas do abastecimento público em Tuparetama.  

Por tudo isso se questiona a solução "tampão" adotada pelo governador Eduardo Campos para a gravíssima crise de abastecimento na cidade de São José do Egito. Enquanto se completa a adutora daquela cidade até a Barragem do Rosário, a única alternativa será a utilização do sistema de abastecimento de Tuparetama. 

O problema é que o sistema de Tuparetama é dificitário e não é suficiente para abastecer nem as residências da própria Tuparetama. Há ruas que passam mais de 15 dias sem receber água da COMPESA.  Com o atendimento à São José do Egito, esse racionamento precisa ser aumentado. E não há até o momento nenhuma sinalização do Governador Eduardo Campos ou da COMPESA em modernizar e ampliar o sistema de Tuparetama. Eduardo Campos sabe que Tuparetama só tem menos de 7 mil eleitores




Calçamentos ficaram danificados com a força da água desperdiçada



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...