8.6.13

UM GIGANTE CHAMADO BALAIO CULTURAL


Com recorde de público e de participação de artistas convidados (todos voluntários, sem cobrança de cachês) aconteceu no sábado passado (dia 01) o Balaio Cultural de junho. A quantidade de pessoas e o brilhantismo do evento, já consolidado na região, era esperado, mas ainda assim surpreendeu os presentes e os organizadores, liderados por Fernando Marques e Fifita Luciano. 

Em clima de verdadeira confraternização cultural, harmonia e inspiração, a noite foi um banquete de poesia e de boa música para homenagear o imortal Manoel Filó. O movimento de divulgação e valorização da poesia popular (repente, cordel, declamação, cantoria etc.) tem se fortalecido cada vez mais na região do Pajeú, inclusive com a revelação de jovens e promissores talentos. 

O poder e a força dessa segmento cultural ficou explícito no Balaio Cultural. Ninguém questiona que o Balaio Cultural é hoje um evento de sucesso e que reúne, sempre, grande público, mas torna-se gigante quando abre espaço para a poesia ou faz dela sua atração principal, a exemplo da Mesa de Glosa do início deste ano ou de agora, na merecida homenagem ao "cantador sem viola" Manoel Filó.    

Todas as fotos são de Rayane Brito, fotógrafa de Tabira.  Veja mais fotos do Balaio Cultural na sua página do Facebook e no slide abaixo (aguarde carregar o slide).




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...