¹

30.11.15

ENCERRAMENTO DA OFICINA DE CORDEL E POESIA POPULAR DO POETA LIMA JUNIOR



Os estudantes do 5° ano da Escola Francisco Chaves Perazzo, da professora Sandrinha Leite, receberam os certificados de participação da Oficina de Cordel e Poesia Popular, ministrada pelo poeta e escritor Lima Junior, que também integra a equipe de profissionais da Secretaria Municipal de Cultura,Turismo e Esportes. A oficina foi realizada no período de 21 de Outubro a 27 de Novembro. A ação teve o acompanhamento da Biblioteca Pública Municipal Escritor Monteiro Lobato.
Veja slide com fotos da entrega (Fotos de Italo Costa)

27.11.15

CONVITE - PROJETO CULTURA AFRO-BRASILEIRA NA ESCOLA JOSÉ AGOSTINHO


26.11.15

FOTOS DA PALESTRA SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA NA CASA DAS JUVENTUDES


A palestra pública ministrada pela Capitã Mirele, da Polícia Militar, foi realizada na noite desta quinta-feira (26/11) na Casa das Juventudes- Bairro Bom Jesus / Fotos: Lucinete Lima e Jonas de Melo

OFICINA DE CANTEIROS ECONÔMICOS NA BARRIGUDA


Com o propósito de oferecer às famílias rurais práticas alternativas e sustentáveis de convivência com o semiárido, a iniciativa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação (Curso Saberes da Terra-Pro Jovem) teve início neste mês de Novembro, como parte de um conjunto de ações do Governo Municipal de Tuparetama na área de educação do campo e agroecologia. 

A Oficina de Canteiro Econômico foi realizada no Assentamento Barriguda, zona rural de Tuparetama. Os trabalhos foram coordenados e orientados pelo professor Antônio Henrique, da UFRPE/UAST. Cerca de 20 pessoas participaram da oficina, incluindo também a participação de estudantes dos cursos de Zootecnia, Agroecologia e Agronomia da UFRPE/UAST. 

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Gilmar Aguiar, acompanhou todas as atividades da oficina e destacou que é objetivo da gestão municipal implantar a tecnologia alternativa em todas as residências da Barriguda neste primeiro momento, podendo levar a oficina para as demais comunidades interessadas numa segunda etapa. / Fotos: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural

















DO VEREADOR JOEL GOMES: A mais pura verdade dos fatos

Publicado em Nill Junior 
Por Joel Gomes, vereador de Tuparetama
Tuparetama conhece, evidentemente, o que ocorreu na íntegra na malfadada governança gestada pelo ex prefeito Sávio Torres, que de forma majoritária não acata críticas sobre os mais diversos escândalos praticados quando governou o município.
Atacar Tárcio José de blogueiro que trata o assunto por “cunho pessoal” é não reconhecer a capacidade e probidade que tange o conceito deste jovem que, imparcialmente, traz as notícias como postadas, inexoravelmente é tentar esconder a verdade. A imprensa do estado noticiou fatos similares. Agiu também de cunho pessoal?  Senão vejamos:
Clique abaixo e veja o artigo completo:

ATUALIZAÇÃO:
O ex-prefeito Sávio Torres enviou outra nota para Nill Junior desta vez em resposta à resposta de Joel Gomes.  CLIQUE AQUI PARA LER
NOTA DESTE BLOGUEIRO: Evidentemente Sávio Torres está mal assessorado e com dificuldade de entender os termos que ele próprio usa.  Apesar de alegar nesta segunda nota que "não atacou a pessoa do blogueiro" ele me atacou SIM na nota anterior (publicada ontem) ao afirmar que eu teria publicado uma nota inverídica (ou seja, que eu sou mentiroso) e maliciosa.  Ora, a nota que publiquei foram cópias de trechos do relatório do TCE-PE que estão disponíveis na Internet para quem quiser ler. Não acrescentei uma vírgula sequer.   Sem qualquer outro argumento para me desqualificar, Sávio Torres (ou seus assessores com visíveis dificuldades de elaborar um texto coerente) agora está insistindo no argumento de que sou seu "reconhecido opositor político".... ( pausa para rir). Não sou opositor político de ninguém. Não sou nem nunca fui nem serei candidato a nenhum cargo político, não sou filiado nem ligado a NENHUM partido político. Portanto NÃO SOU adversário político de Sávio Torres nem de qualquer outro político de Tuparetama. Tenho o direito como cidadão livre de concordar ou discordar de políticos, partidos e de suas artimanhas.  Se Sávio Torres acha que toda pessoa que publicar alguma nota na Internet que lhe desagrade é seu inimigo político, talvez ele esteja com sérios problemas. De resto quero deixar claro para os leitores do blog e de Tuparetama, que me conhecem e sabem da minha postura, que tenho RESPEITO e ADMIRAÇÃO por todos os ex-gestores com quem trabalhei,  Pedro Tunu, Vitalino Patriota, Sávio Torres e Dêva Pessoa. Respeito e Admiração não são sinônimos de bajulação e subserviência.   Tárcio Oliveira 




CRIANÇAS DO SCFV VISITAM A CASA DA CULTURA E CONHECEM MAIS SOBRE A HISTÓRIA DO MUNICÍPIO


Crianças atendidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, do CRAS Municipal (Secretaria de Desenvolvimento Social) fizeram uma visita à sede provisória da Casa da Cultura e Biblioteca Pública Municipal. 

A visita monitorada teve como objetivo conhecer mais sobre a história de Tuparetama e sobre os serviços oferecidos pela Biblioteca.  Os visitantes foram acompanhados pela coordenadora do programa, Josélia Vasconcelos, e contaram com as orientações do coordenador da Biblioteca Pública, Wellinton Batista.







25.11.15

ETE CÉLIA SIQUEIRA DE SÃO JOSÉ DO EGITO REALIZA 1° FORUM INTERMUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE





HOJE É O DIA MUNDIAL DE COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER.


25 de novembro como o “Dia da Não Violência Contra a Mulher”, foi decidido por organizações de mulheres de todo o mundo reunidas em Bogotá, na Colômbia, em 1981 em homenagem as irmãs Dominicanas Pátria, Minerva e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, que responderam com sua dignidade à violência, não somente contra a mulher, mas contra todo um povo. A partir daí, esta data passou a ser conhecida como o “Dia Latino Americano da Não Violência Contra a Mulher”. 

Em 1999, a Assembléia Geral da ONU proclama essa data como o ”Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher” a fim de estimular que governos e sociedade civil organizada nacionais e internacionais realizem eventos anuais como necessidade de extinguir com a violência que destrói a vida de mulheres considerado um dos grandes desafios na área dos direitos humanos. 

A data foi escolhida para lembrar o fato ocorrido em 25 de novembro de 1960, a data ficou conhecida mundialmente por conta do maior ato de violência cometida contra mulheres. As irmãs Dominicanas Pátria, Minerva, e Maria Teresa, conhecidas como “Las Mariposas”, que lutavam por soluções para problemas sociais de seu país foram perseguidas, diversas vezes presas até serem brutalmente assassinadas. 

Violência contra a mulher ocorre nos espaços públicos e privados e não é só agressão física é também psicológica e moral. Agressões verbais reduzem a auto-estima e fazem as mulheres se sentirem desprezíveis. Causam danos à saúde: geram estresse e enfermidades crônicas. A violência interfere na vida, no exercício da cidadania das mulheres e no desenvolvimento da sociedade em sua diversidade. 

A violência contra a mulher passa a ser um problema mundial que não distingue cor, classe social nem raça: é maléfica, absurda e injustificável!! 

Essa Campanha tem como objetivos revelar a dimensão do feminicídio e denunciar o aumento do número de casos de mortes de mulheres por razões de gênero. Chamar a atenção sobre índices e ausência de registros confiáveis; estimular a informação sobre o feminicídio e atuar contra a impunidade. 

A violência contra as mulheres é uma questão social e de saúde pública, pois: 
- Revela formas cruéis e perversas de discriminação de gênero; 
- Desrespeita a cidadania e os direitos humanos; 
- Destrói sonhos e viola a dignidade;
- Tem se mostrado como expressão mais clara da desigualdade social, racial e de poder entre homens e mulheres, tornando visível a opressão social, em que se materializa nas marcas físicas e psicológicas ao segmento que perfaz mais da metade da população brasileira. 

Dia 25 de novembro é um dia importante para manifestar, lembrar, protestar e mobilizar a sociedade e o estado contra a violência à mulher. Essa luta é nossa e de todos que se comprometem pela defesa Direitos Humanos.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...