¹

26.9.16

A HORA DA VERDADE PARA BOCA PRETA E PÉ RAPADO | Rogério Xavier

Ilustração digital de Raimundo Pajeú especialmente para o blog

Chegando a hora da Verdade, depois de 45 dias de campanha acirrada em Tuparetama – PE, nesse próximo domingo (02 de outubro), a cidade mais charmosa do Sertão do Pajeú irá decidir entre dois projetos antagônicos. A população encontra-se dividida entre duas cores ou paixões (amarelo e vermelho). 

Eleição tem para população um sentimento diferente de torcida por time de futebol, eleição de interior é uma paixão, algo superior a qualquer sentimento de torcida, existe um engajamento como o principal objetivo da vida. Pessoas com perfis diferentes se aproximam, velhos inimigos viram amigos, os adversários sempre estão errados e cada lado cria sua verdade para os fatos. Durante 45 dias o único objetivo das pessoas é defender sua bandeira (amarela ou vermelha). 

Uma eleição diferente, essa foi a marca, a tecnologia tomou conta do dia a dia da campanha, grupos de WhatsApp como principal ferramenta de comunicação, eleição onde tudo foi gravado, publicado, comentado e curtido. Áudios vazados de grupos “fechados” foram assuntos durante dias na cidade e mídia da região. Eleição também marcada pela quantidade de “falsas pesquisas eleitorais”, sempre anunciados no calar da noite com objetivo de “motivar os correligionários” e mostrar que a sua bandeira detinha uma larga margem de votos contra o adversário. 

Mais uma coisa nada mudou, a inexistência de programa de governo associado a baixa quantidade de propostas para o melhor de nossa cidade, tudo isso associado a crescente onda de ódio e acusações proferidas nos discursos sempre eloquentes, essas ações associadas em ambos os lados, tomaram conta dos palanques. Como nas velhas campanhas, os “Arrastões” e “Carreatas” foram um capítulo à parte, cada evento maior que o dia anterior, pela quantidade de pessoas e automóveis (ambos os lados) gera uma falsa imagem que nossa cidade tem uma população muito maior do que os 8139 habitantes (IBGE/2014). Pela quantidade de carros e motos, não parece que estamos em uma cidade do Sertão do Nordeste com baixo IDH - Índice de Desenvolvimento Humano-. (IDH Tuparetama:0,634) 

Eleição não é algo negativo em cidade do interior, no entanto, ninguém pode esquecer que todos, independente da bandeira, devem se respeitar mutuamente, a campanha passa, um lado vai sorrir e outro chorar, mas a vida continua com a cidade precisando do empenho dos amarelinhos e vermelhinhos para melhorar. Boca Preta e Pé Rapado, boa eleição, mas não esqueçam, preservem as amizades, mesmo nesse momento não parecendo, a amizade é sim superior a qualquer eleição. 

Como diz o nosso hino, que na sua letra revive o passado projetando um futuro de Progresso “Tuparetama, brilhará o teu nome na história, Cantaremos bem alto teu progresso, Proclamando pra sempre a tua glória!”, vamos lutar por nossa cidade, tornar nossa querida Tuparetama superior a qualquer projeto pessoal ou bandeira, buscar um verdadeiro desenvolvimento que traga melhor qualidade de vida para nossa População. “Terra amada, cidade alvissareira, és a grande promessa do amanhã


Rogério Pereira Xavier
Tuparetamense, reside atualmente em Recife-PE 
Graduado em Biomedicina e Gestão da Qualidade 
Especialista em Microbiologia e Mestre em Gestão de Recursos Hídricos 
É Professor e Diretor Regional do Grupo Ser Educacional 
(Uninassau, Faculdade Maurício de Nassau, Faculdade Joaquim Nabuco, UNAMA, UNG, FIT)


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...