¹

²

1.10.16

FAMÍLIA PERAZZO EMITE NOTA DE REPÚDIO


Recebemos nesta manhã NOTA DE REPÚDIO encaminhada por representantes da Família Perazzo. A NOTA comenta e responde às acusações e agressões direcionada à Família em texto assinado e publicado pelo PTB de Tuparetama.  LEIA ABAIXO NA ÍNTEGRA a NOTA DA FAMÍLIA PERAZZO:

NOTA DE REPÚDIO 

A “coligação do bem”, como tanto se intitulam, perdeu completamente a compostura e começou a agredir com palavras de baixo calão a Família Perazzo, com acusações, acompanhadas de comentários maldosos e maledicentes contra quem, jamais, dispensou o seu tempo e a sua atenção para ofender ou denegrir a imagem de quem quer que seja, pessoalmente, tampouco mediante discursos inflamados, ou menos ainda nas redes sociais. E, para que não sejamos passivos diante dessa situação, resolvemos romper o SILÊNCIO e esclarecer questões que precisam ser ditas, para que a sociedade de Tuparetama não fique à mercê de (des) informações que em nada contribuem para o fortalecimento de uma sociedade justa e democrática. 

Neste toar, para que todos saibam que protestamos veementemente contra a forma injusta e caluniosa com que adversários, de forma covarde e inconsequente, tecem comentários falaciosos com o fim único de mancharo nome de uma Família HONRADA, UNIDA, COMPETENTEe que não faz da política uma Profissão ou meio de vida. 

Diferentemente da situação familiar do ex gestor, o qual protagonizou um dos maiores casos de NEPOTISMO, onde os cargos eram “distribuídos” utilizando-se o critério único da conveniência e do favorecimento pessoal, os que agora nos acusamo fazem tomando por base a ocupação de cargos de relevância dentro da Administração Pública por pessoas nossas. 

Ocorre que, esquecem os que nos criticam que todos os nossos são pessoas altamente qualificadas, profissionais que se destacam em suas diferentes áreas de atuação, e que não fazem desses cargos a sua única fonte de renda. São fisioterapeutas, enfermeiros, médicos, engenheiros agrônomos, fonoaudiólogos, professores, assistentes sociais, advogados, etc... Se tudo isso não for suficiente, ainda devemos considerar o fato de que muitos dos nossos possuem reconhecida atuação empreendedora na cidade, o que inegavelmente contribui para a geração de mais 100 (cem) empregos diretos, alavancando o progresso e a independência do nosso povo, tudo isso independentemente de política ou ocupação de cargos públicos. 

Por outro lado, ficamos honrados com tanto falatório. Se a Família Perazzo está sendo alvo de tanto ataque é por que estamos frutificando. Árvores sem frutos não são apedrejadas. 

Quanto aos nossos ofensores, pessoas sequer identificadas, que acusam de forma leviana uma família HONESTA, simplesmente fazem por que ainda não conseguiram sorver o gosto amargo da derrota política em 2012,da incompetência, da falta de preparo e dos viciados maus costumes que acometia uma arcaica e obsoleta forma de fazer política, que visava apenas a interesses individuais e uso irresponsável do dinheiro público. 

Quanto às demais ofensas a nós direcionadas, temos apenas a registrar que o mau caminho trilhado por nossos adversários com vistas a nos atingir, nada mais é que inconformismo bobo de quem não consegue construir uma trajetória de vida, e PRECISA FAZER DA POLÍTICA UM MEIO DE SOBREVIVÊNCIA. 

Por fim, não queremos perder tempo e inteligência com a afirmação final do malfadado texto, que permeado de mágoas e ressentimentos individuais de pessoas duplamente derrotadas – na política e em suas vidas pessoais – coroa de impropérios ao dizer que somos “seres sem luz e sem brilho, incapazes de construir o seu próprio caminho”. Deve faltar luz e brilho na história de pessoas independentes, com trajetórias definidase com Currículos e Fichas de Vida onde constam estudos, formação universitária e repetidas histórias de sucesso, ao contrário de outros, que acumulam anos de sobrevivência às custas da Prefeitura Municipal, por mais de 30 anos, e processos judiciais, com condenações vergonhosas, por comprovado desvio de verbas e uso indevido da máquina pública, que paradoxalmente, somam-se também outros tantos trinta e poucos anos... 

Realmente, deve “sobrar luz” na vida de quem só conseguiu demonstrar que é adepto do poder, apenas pela vaidade e ganância dele, ou certamente por ter descoberto que consegue fazer com maestria uma política afastada do povo e voltada unicamente para o interesse de poucos, havendo um verdadeiro contrassenso nas acusações, quando na verdade não foi a nossa “Agremiação Familiar” que, de tão enrolada em si mesma, conseguiu estabelecer na Prefeitura de Tuparetama uma “Outra Agremiação” tão unida, a ponto de se confundir entre familiares beneficiados, e ao mesmo tempo reús, cumplices e co-partícipes do mais escalonado sistema de corrupção já deflagrado em nossa cidade, numa verdadeira demonstração do que venha a ser um governo de poucos. 

Por fim, quanto à admoestação no sentido de que a população devia “observar” o que faz a nossa Família, aproveitamos a mesma motivação para também conclamar a sociedadea observar aqueles que se apresentam como “Candidatos de um novo tempo”, pois não somos nós os que se propõem a disputar um mandato público. Assim, observemos aqueles que candidatos são. O que fizemos foi manifestar a nossa opinião política, exercendo os nossos direitos de cidadãos conscientes do nosso compromisso com a TUPARETAMA que amamos! 

 FAMÍLIA PERAZZO.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...