¹

²

6.5.17

IMPACTOS DAS REFORMAS DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTAS FORAM TEMA DE DEBATE REALIZADO PELO SINTET, SINTEPE, CNTE E CUT NA ESCOLA ERNESTO DE SOUZA LEITE


O SINTET – Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Tuparetama, em parceria com o SINTEPE, CNTE e CUT, realizou na Quadra de Esportes da Escola Ernesto de Souza Leite um debate sobre a proposta de reforma da Previdência do governo (golpista) Temer.
Com o tema “OS IMPACTOS DAS REFORMAS DA PREVIDÊNCIA E TRABALHISTA EM NOSSA VIDA” o debate teve como convidado e expositor o professor Heleno Araújo, Presidente da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).
O convite do SINTET reuniu um público diversificado, com professores(as) e funcionários(as) administrativos(as) da educação, estudantes e servidores municipais na noite da última quinta-feira, 04 de maio.
A mediação do debate foi conduzida por uma de suas idealizadoras, a professora Lucivanda Patrícia e a mesa do Debate contou também com representações do SINTEPE (Edeildo Marques), do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de São José do Egito (Rosângela Leopoldino), do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Tuparetama (Josivan Antônio), da Câmara Municipal de Vereadores (vereador Danilo Augusto), das Escolas Ernesto de Souza Leite e EREM Cônego Olímpio Torres (Felipe Pedro Aragão e Silvania Amorim), do advogado, blogueiro e ex-vereador Joel Gomes e da presidente do SINTET, Zilma Araújo.
Em sua explanação o presidente da CNTE, Heleno Araújo, falou sobre alguns dos pontos mais polêmicos e impactos do pacote de maldades que o governo Temer, resultado do golpe parlamentar de 2016, já vem causando e pode ainda se ampliar sobre os trabalhadores e camadas mais pobres do país.  O enfoque principal se deu sobre a proposta de reforma da previdência. Araújo confrontou vários casos e situações de desrespeito com os servidores, as incoerências das “justificativas” do projeto e a falta de aplicabilidade correta do recursos e impostos no Brasil.
Já Edeildo Marques, diretor do SINTEPE, contribuiu para o debate conduzindo os presentes a uma reflexão sobre os mecanismos do golpe parlamentar em curso no país e as conseqüências negativas para a população com as atuais propostas de Reforma da Previdência e Reforma Trabalhista.
Dentre os componentes da Mesa, falaram Joel Gomes e Josivan Antônio sobre as conseqüências jurídicas da reforma e as penalizações que já vem sofrendo os trabalhadores e trabalhadoras rurais, respectivamente.


O debate se estendeu com a participação do público presente e o encaminhamento de ações a serem realizadas na comunidade visando informar e mobilizar os(as) trabalhadores(as) sobre os impactos negativos em suas vidas caso as propostas de reformas da previdência e trabalhista sejam aprovadas.
Falando ao blog, após o evento, a presidenta do SINTET, Zilma Araújo, ressaltou a satisfação de contar com a presença de um conhecedor da luta e dos direitos dos trabalhadores como Heleno Araújo e a importância de momentos como esse do Debate, que “contribui para o esclarecimento e a mobilização das pessoas, sobretudo dos(as) educares(as) que são uma das categorias mais prejudicadas com a proposta de Temer”.
A gestora da Escola Estadual Ernesto de Souza Leite, professora Lúcia Pessoa considerou como muito esclarecedora a noite de Debate. ”Foi bastante oportuna esta  iniciativa, trazendo reflexões necessárias sobre um tema tão preocupante como esse da Reforma da Previdência. De modo geral parece que as pessoas ainda não tem noção do que será de nossa vida funcional caso tal projeto seja aprovado na Câmara e no Senado. Nós não podemos assistir calados e imobilizados o desmonte de direitos e garantias sociais. Nenhum direito a menos.”
FOTOS: Ivaí Cavalcante e Tárcio Oliveira





Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...