¹

27.9.17

TUPARETAMA - REUNIÃO DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA CRIANÇA FELIZ


Aconteceu na tarde dessa terça-feira (26/09) no CRAS Municipal uma REUNIÃO para APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA CRIANÇA FELIZ, em fase de implantação em Tuparetama. A Secretária de Assistência Social, Roseane Gomes, fez a abertura da reunião e acolhida dos convidados.  A apresentação foi conduzida pela coordenadora do Programa neste município, Virgínia Cibelly, e pela psicóloga Emília Lopes, da equipe de trabalho do Criança Feliz. 

O foco do programa é o atendimento às famílias com crianças entre zero e seis anos visando a promoção do seu desenvolvimento integral. Na ocasião foi apresentada a equipe de trabalho e a composição do Comitê Gestor do Programa, que elaborará o Plano Municipal da Primeira Infância. 
.





TUPARETAMA - Curso de Locução para Rádio neste final de semana

Claudinei é locutor esportivo da Rádio Talismã FM de Salgueiro, rádio do Grupo Limão com Mel.

Acontecerá na cidade de Tuparetama um Curso de Locução para Rádio com o comunicador Claudinei Santos.  Será nos dias 29 e 30 de setembro e 1 de outubro. Com aulas práticas e teóricas, os participantes do curso entenderão a prática de locução, produção e técnicas de comunicação. As aulas serão realizadas na Escola Municipal Francisco Chaves Perazzo (em frente à Academia da CIdade). 

O curso custa R$ 100,00 com direito à apostila do conteúdo das aulas. A realização é da Solução Marketing e Cursos também da cidade de Salgueiro.  Telefone para mais informações e inscrição: (87) 98853-2298.

ESPORTES: Temer corta 87% do orçamento do esporte; onde andam a Ana Paula e o Ronaldo?


Por Altamiro Borges, em seu blog 

Na cavalgada golpista pelo impeachment de Dilma Rousseff, muitos atletas na busca dos holofotes da mídia reforçaram o coro das seitas fascistas e saíram às ruas com os “patinhos amarelos” da sinistra Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp) e as camisetas da “ética” CBF. Ingênuos ou não, eles ajudaram a viabilizar o golpe dos corruptos que alçou ao poder a quadrilha de Michel Temer

Na semana passada, o covil golpista encaminhou à Câmara Federal sua proposta para a Lei Orçamentária Anual (LOA) que prevê uma redução de 87% nas verbas disponíveis para os programas do Ministério do Esporte. Cadê a provocadora jogadora de vôlei Ana Paula, o “fenômeno do oportunismo” Ronaldo – o “Ronalducho” – e os outros atletas midiotas? 

Segundo matéria publicada na Folha na terça-feira (19/setembro), o cenário para o esporte brasileiro em 2018 será catastrófico. “A proposta do governo para a LOA do ano que vem prevê que a verba disponível para programas do Ministério do Esporte sofra uma redução de 87% na comparação com o cenário já de escassez de 2017. A rubrica ‘concessão de bolsas a atletas’ terá disponível apenas R$ 70 milhões. Com isso, o programa Bolsa Atleta, que custa anualmente mais de R$ 130 milhões, deve sofrer mudanças drásticas, se não acabar. No total, o orçamento para o Esporte, que foi de R$ 1,245 bilhão na LOA de 2017, foi reduzido para R$ 163 milhões no projeto enviado por Michel Temer à Câmara dos Deputados”. 

“O Bolsa Atleta, porém, não é o único problema. Na verdade, é o programa que teve menor corte: ‘só’ perdeu 50%. A rubrica ‘preparação de atletas e capacitação de recursos humanos para o esporte de alto rendimento’, de onde saem recursos para convênios com confederações, foi de R$ 56,6 milhões em 2017 para R$ 7,2 milhões na LOA de 2018. Em 2016, como comparação, foram autorizados R$ 134 milhões. Outra rubrica importante para o esporte de alto rendimento do Brasil, a que trata da ‘preparação de seleções principais para representação do Brasil em competições internacionais’, que foi de R$ 40 milhões em 2017 (ainda que muito pouco disso tenha sido aplicado) e será de apenas R$ 4,8 milhões em 2018”. 

Os cortes não poupam nenhum setor. “Se no orçamento de 2017 havia R$ 60 milhões para a ‘implantação de infraestrutura esportiva de alto rendimento’, em 2018 a previsão é de apenas R$ 13 milhões, o que frustra os planos de quem pretende construir centros de treinamento, como a Confederação Brasileira de Basquete. Para manter a aclamada ‘Rede Nacional de Treinamento’ serão só R$ 20 milhões no ano que vem, contra R$ 100 milhões este ano. 

O combate ao doping também deverá ter muito trabalho para se manter em pé em 2018. Se já estava difícil realizar as atividades regulamentares com R$ 8,7 milhões previstos em 2017, será muito mais difícil com os R$ 2,7 milhões programados para 2018. Esses recursos precisam pagar não só exames, mas também garantir o funcionamento do deficitário laboratório do Rio de Janeiro”. 

O pior, porém, deve ocorrer na rubrica “implantação e modernização de infraestrutura para esporte educacional, recreativo e de lazer”, que disponibiliza verbas para as pequenas obras em equipamentos públicos espalhados por todo o país. Depois de disponibilizar R$ 462 milhões em 2017, o governo pretende liberar só R$ 7 milhões em 2018. “Além disso, não há qualquer referência à ‘implantação dos Centros de Iniciação ao Esporte’, que mereceram R$ 200 milhões no orçamento deste ano”. 

Ou seja: o golpista Michel Temer está inviabilizando qualquer perspectiva de futuro para o esporte nacional. Será que a jogadora Ana Paula, que vibrou com o golpe – “enquanto os petistas choram, existe um sopro de esperança que começa”, postou a babaca no Twitter no dia da aprovação do impeachment de Dilma Rousseff – vai emitir algum rosnado da sua mansão nos Estados Unidos? E o Ronalducho, amigão do cambaleante Aécio Neves e participante ativo das marchas golpistas? E o ex-judoca João Derly, atual deputado da Rede que disse que votou “com a consciência tranquila” no impeachment?

3ª COPA ERNESTO DE FUTSAL - 2017

Do blog do Cauê Rodrigues

A Escola Estadual Ernesto de Souza Leite promoveu na ultima sexta-feira, 22, a abertura da 3ª Edição da Copa Ernesto de Futsal, organizada pelo professor de Marcelo Gerônimo (Marcelão)  com a participação de equipes de futebol de salão das escolas Ernesto de Souza Leite, Padre Adelmo Simões, Francisco Zeferino, Erem Cônego Olímpio Tores, Naná Patriota (São José do Egito), Brejinhense (Brejinho) e dos projetos sociais Cauê Rodrigues Futsal Club (Afogados da Ingazeira) e Gol Legal (São José do Egito). 

O evento aconteceu na quadra da escola anfitriã com desfile das delegações seguido de apresentações culturais e das partidas de futsal. Um minuto de silêncio foi registrado em memória de ex-atletas da escola, que foram vítimas de um trágico acidente de trânsito na noite de 23 de junho em Tuparetama.


No sábado 23, a copa teve continuidade no Ginásio Municipal de Esportes com a realização de 15 partidas.





ALERTA - Argentina e Brasil são os maiores consumidores de agrotóxicos na AL

Silvia Ribeiro, uma das maiores pesquisadoras latino-americanas, esteve em Rosário, na Argentina para participar de um congresso - Créditos: Página 12

Por Darío ArandaDa Página 12 

A ameaça de fusão de grandes empresas (como a Bayer-Monsanto), o papel da ciência a serviço das corporações, o perigo dos novos transgênicos e a necessidade de promover a agricultura campesina e indígena. Esses são alguns dos temas sob os quais Silvia Ribeiro, uma das maiores pesquisadoras sobre o agronegócio, se dedica há mais de trinta anos. 

Para ela, os países da região "perderam sua soberania devido à extrema dependência em relação às empresas biotecnológicas". Integrante do Grupo de Ação sobre Erosão, Tecnologia e Concentração (ETC), Ribeiro foi uma das palestrantes no Encontro Intercontinental Mãe Terra - Uma só Saúde, realizado em Rosário, na Argentina, a partir da disciplina de Saúde Socioambiental da Faculdade de Ciências Médicas. 

Confira a entrevista completa: 

Como você analisa a situação da agricultura na região? 
A América Latina está dividida em duas partes no que diz respeito à situação agrícola. Existe a "República Unida da Soja" (Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Brasil) e os outros países. Cabe recordar que depois de 20 anos de transgênicos, só 10 países têm 90% da sua produção transgênica. O que significa que os transgênicos nunca chegaram a ser o fenômeno onipresente que querem nos fazer acreditar. 

Quais são as características dos países dominados pelo modelo transgênico? 
A estrutura agrícola sofreu um processo de concentração corporativa e uma reforma agrária ao contrário, concentrou a terra em menos mãos. A isso se soma as doenças provocadas pelos agrotóxicos. Um dado alarmante é o fato de que a Argentina e o Brasil consomem 21% do agrotóxico de todo o mundo. Se a fusão Monsanto-Bayer quer impor condições inaceitáveis, vai colocar de acordo com o nível de vulnerabilidade dos países que dependem dessas corporações. Esses países perderam sua soberania devido à dependência extrema à algumas empresas biotecnológicas. O restante da América Latina está mais perto do consumo médio mundial. A maior parte dos alimentos continuam sendo produzidas por pequenos agricultores urbanos, camponeses, pela pesca artesanal. 70% do mundo se alimenta com produtos da agricultura familiar e esse caminho merece ser aprofundado. Há 20 anos a Monsanto não possuía sementes e agora é a maior produtora de sementes do mundo. Há mais de 30 anos existiam mais de 7 mil empresas de sementes. Agora, a Monsanto domina 25% do mercado mundial de sementes. Em 20 anos aconteceram mais de 200 fusões, que resultaram nas seis maiores empresas do agronegócio - Monsanto, Syngenta, Dupont, Dow, Basf e Bayer. Estas empresas dominam o mercado mundial das sementes. E todas são produtoras de venenos. Primeiro, elas concentram o mercado e, em seguida, começam as mega fusões. Monsanto-Bayer, Syngenta-ChenChina, Dow-Dupont são fusões que controlam mais de 60% do mercado total de sementes (não só as transgênicas) e 71% do mercado de agrotóxicos. São números exorbitantes. 

Nenhuma repartição anti-monopólio deveria aprovar essas fusões. Qual é o risco? 
Elas controlam o preço, a inovação e impactam nas políticas agrícolas. Países que estão com um alto grau de agricultura industrial, como a Argentina, passam a estar em uma situação de vulnerabilidade. Inclusive em relação à soberania. Estas empresas têm um poder de negociação que é muito mais do que negociação, é poder de imposição sobre países, apoiado em leis a seu favor. Algumas empresas e alguns meios de comunicação estão realizando uma campanha sobre os "novos transgênicos". Você tem suas críticas. Eles chamam de edição de genoma. E contam com uma grande manobra de propaganda e publicidade para não passarem por nenhuma lei de biossegurança. 

Do que se trata e quais são os riscos? 
O desconhecimento sobre as funções do genoma é bastante amplo. Agora eles querem que acreditemos que o que fazem os genes é algo parecido a alterar um texto, em que se realizam pequenas mudanças que não alteram o sentido geral. E isso é mentira. É como se você pegasse os dez mandamentos em um idioma que não conhece e tirasse uma palavra, um "não", por exemplo. Eles diriam que não altera nada. Mas é fundamental, modifica todo o sentido. Há um desconhecimento muito grande não só sobre para o que servem os genes, algumas funções são conhecidas, mas não as interações entre si nem as interações dos genes com as condições externas, como as condições ambientais. O genoma não é um mapa estático. O grau de incerteza é muito alto e tampouco se sabe sobre o seu impacto na saúde e no ambiente. 

Quais são as novas tecnologias transgênicas? 
São várias. A principal é uma que descobriram em 2012, a CRISPR (Repetições Palindrômicas Curtas Agrupadas e Regularmente Interespaçadas). Em síntese: se trata de um GPS com um par de tesouras. Crispr é um GPS que te leva a uma parte do genoma e as Cas9 (enzimas associadas à CRISPR) são as tesouras. É uma modificação genética com impactos imprevisíveis. 

Implica na criação de mais transgênicos? 
Com essas novas tecnologias é possível produzir qualquer tipo de transgênico. É possível criar resistência a herbicidas, desativar genes, agregar genes diferentes. Querem utilizá-las nos alimentos e na saúde. Eles afirmam que é previsível, mas é exatamente o contrário. Com essas tecnologias é possível, inclusive, eliminar espécies consideradas incômodas, como o amaranto, que não pode ser controlado com agrotóxicos. Monsanto e Dupont são as maiores propulsoras dessas novas tecnologias. 

Qual é o papel da ciência neste modelo? 
Houve uma caça às bruxas brutal aos cientistas críticos. Dois exemplos: as perseguições a Gilles-Éric Séralini na França e a Andrés Carrasco na Argentina. O ataque midiático, econômico e político às vozes críticas é feroz. 

E a ciência dominante? 
Em termos de política científica dominante é uma ciência mercenária, vendida aos interesses das corporações. É uma tecnociência que busca resultados para as empresas. 

Qual é a opção? 
A parte esperançosa tem a ver com este congresso, pois no mundo existem, cada vez mais, pessoas críticas. E também há esperança porque os campesinos estão decididos a seguir vivendo na terra onde sempre viveram. 

 *Edição: Página 12 | Tradução: Luiza Mançano

SEMINÁRIO - CEMIL PARTICIPOU DO SEMINÁRIO DO PROJETO VAGA-LUMES EM SÃO JOSÉ DO EGITO




















22.9.17

TUPARETAMA - IBGE apresenta metodologia do censo agropecuário em reunião no município

 

O Censo Agro do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está sendo preparado para iniciar em todo o país. A metodologia foi apresentada em uma reunião com a Comissão Municipal de Geografia e Estatística na sede do CRAS em Tuparetama.

O início do recenseamento está previsto para o dia 1º de outubro. No encontro o coordenador de subárea do IBGE de Afogados da Ingazeira fez uma apresentação sobre a forma como ocorrerá a pesquisa a partir de outubro. 


O censo levantará informações sobre a agricultura, extração vegetal, criação de todos os tipos de animais, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários. Os dados serão coletados por meio do preenchimento de um questionário eletrônico, quantificando o total de estabelecimentos agropecuários e o que produzem; utilização de pessoal e mão de obra; caracterização do produtor; distribuição e uso de terras e outros levantamentos do setor, todos referentes ao período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017. 

O Censo Agro em Tuparetama terá apenas 1 recenseador  responsável pela aplicação dos questionários nas propriedades locais. O último levantamento já tem mais de dez anos. O representante o IBGE também chamou a atenção para a importância do censo para os municípios, estados e país, além da garantia do sigilo das informações. Os dados preliminares do Censo Agro deverão ser divulgados pelo IBGE a partir do primeiro semestre de 2018.

CÂMARA DE VEREADORES DE TUPARETAMA REALIZA SESSÃO SOLENE REFERENTE AO IDEPE


Acontecerá na noite desse sábado (23/09), na Escola Ernesto de Souza Leite uma Sessão Solene da Câmara de Vereadores em comemoração à excelente classificação de Tuparetama no IDEPE 2016, índice que avalia a qualidade da educação no Estado. A Sessão solene homenageia o ex-prefeito Dêva Pessoa, o ex-secretário municipal de Educação Inaldo Marques e a Escola Ernesto de Souza Leite.

O GOLPE É CONTRA OS MAIS POBRES: TEMER PODE ACABAR COM O PROGRAMA DE CISTERNAS NO SEMIÁRIDO


Reconhecido pela ONU como uma das mais efetivas políticas públicas para áreas em processo de desertificação do mundo, o Programa de Cisternas, do Ministério de Desenvolvimento Social, corre o risco de ser extinto pelo governo do presidente golpista Michel Temer (PMDB). 

A proposta de Lei Orçamentária de 2018 prevê a redução de 92% dos recursos que já foram determinados para o projeto, este ano. O líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), denunciou a medida. “Estamos falando de milhares de pessoas que convivem com a seca numa área que representa quase 20% do território nacional e que tem nas cisternas uma alternativa de subsistência. O corte brutal de recursos, na prática, decreta o fim do programa e acaba com a esperança de tantos nordestinos que convivem com a pobreza e a fome, diariamente”, afirmou o senador. 

Calcula-se que 350 mil famílias nordestinas sofram com a falta do equipamento que armazena água da chuva para o consumo humano e para a irrigação de produção agrícola de subsistência. 

Este ano, o orçamento o programa já teve corte significativo de recursos. Dos R$ 248,8 milhões previstos para 2017, apenas 37% (R$ 91,8 mi) foram executados. Os R$ 157 mi restantes estão contingenciados. Este ano, o valor é ainda menor, cerca de R$ 20 milhões. O valor proposto é destinado à construção de apenas 5.453 cisternas em todo o território nacional. 

Vivemos uma lógica perversa nesse governo que massacra o povo pobre deste país ao mesmo tempo em que distribui benefícios aos seus aliados.  
Estão destruindo por inanição projetos importantes, reconhecidos mundialmente e acabando com o futuro de milhões de brasileiros. Não vamos assistir a todo esse desmonte calados”, afirmou Humberto Costa.

HÁ POUCA ÁGUA NOS RESERVATÓRIOS DAS CIDADES DO PAJEÚ


O blog de Nil Junior divulgou nesta semana matéria do comunicador Anchieta Santos, com informações do repórter blogueiro Marcelo Patriota que demonstram a situação preocupante nos reservatórios das cidades do alto Pajeú.

Mesmo com boa precipitação pluviométrica, alguns municípios do Alto Pajeú não conseguiram ter os reservatórios cheios com as chuvas do inverno de 2017:  
  • No Município de Brejinho o Açude de Serraria está seco e a cidade é abastecida pela Barragem de mãe d’água localizada em Itapetim. 
  • Em São José do Egito a Barragem São José 2 tem apenas 25% de água. Já a barragem São Jose 1, está aterrada. A cidade de São Jose do Egito recebe água da Adutora do Pajeú. 
  • Em Itapetim as  barragens de Caramucuqui e Boa Vista tem 35% e 30% de água respectivamente, o que garante abastecimento por mais 12 meses para a cidade. 
  • Tuparetama tem a barragem de Bonsucesso com somente 20% de sua capacidade, mas a cidade é atendida pela Adutora do Pajeú. 
  • Santa Terezinha vive o drama da lata d’água na cabeça. As barragens do Tigre e Cascudo estão secas. 
  • Em Afogados da Ingazeira a população recebe abastecimento da Adutora do Pajeú, Adutora Zé Dantas e Barragem de Brotas, que com o inverno do ano atingiu quase 40% de sua capacidade de 20 milhões de metros cúbicos de água. 
  • Já em Iguaraci, a  Barragem do Rosário continua seu calvário de colapso total.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...