29.3.19

BRASIL | 13,1 milhões de desempregados. E pode piorar...


Com informações do  DCM (clique para ler texto integral)

O IBGE divulgou na manhã desta sexta (29) o número de desempregados no Brasil. O Desemprego no país sobe para 12,4% e atinge 13,1 milhões de pessoas.   Vamos repetir: Nada menos do que 13,1 milhões de cidadãos simplesmente não conseguem encontrar um emprego no mercado de trabalho.

Os dados representam um aumento de 7,3% em relação ao trimestre anterior

A título de comparação, a legião de cidadãos brasileiros desempregados representa um contingente superior a toda a população do Uruguai e do Paraguai juntas. 

O golpe de 2016 contra a ex-presidenta Dilma Rousseff, o subsequente desmantelamento da Consolidação das Leis Trabalhistas (Reforma Trabalhista) no governo Michel Temer e a escandalosa incapacidade e inoperância do desastre Bolsonaro criaram as condições perfeitas para o atual estado das coisas no país. 

Antes de ser aprovada, a Reforma Trabalhista foi amplamente divulgada pelos jornais, revistas e TVs como a modernização necessária e que geraria mais de 6 milhões de novos empregos. A mídia ganhou dinheiro vendendo essa ilusão, Temer ganhou dinheiro, deputados e senadores ganharam dinheiro para votar a favor da Reforma e contra o trabalhador. Partidos de esquerda e sindicatos foram às ruas para protestar contra a reforma e mostrar que mais uma vez o  povo seria enganado. E o povo? o povo seguiu acomodado e engoliu a Reforma calado. Taí o resultado!

Agora com cinismo e  desprezo pela inteligência alheia a grande mídia (Globo, SBT, Band, Record...), e os velhos partidos do coronelismo nacional defendem outra reforma, a Reforma da Previdência, fazem reportagens, entrevistas e propagandas dizendo que ela é necessária e será capaz de mudar os rumos de uma nação que naufraga...  será que o povo vai aceitar mais essa destruição de seus direitos calado e acomodado?

O desastre vai se avolumando não só no Brasil, mas em todos os países da América Latina que adotaram as velhas e ultrapassadas teorias no neoliberalismo como única saída econômica para suas crises internas. A Argentina que o diga. 

Definitivamente não existirá solução à vista, sequer a longo prazo, sem que a população se organize e se mobilize para frear o que Temer começou e Bolsonaro segue dando encaminhamento.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...