¹

20 de maio de 2019

PERNAMBUCO | Superlotação Chegou ao limite nas Maternidades de Alto Risco do Estado, denuncia Movimento Nascer Bem

Foto: Divulgação/ MPNB

O Movimento Popular Nascer Bem divulgou nesta segunda-feira nas redes sociais uma nota, acompanhada de fotos, intitulada "A Superlotação Chegou ao limite nas Maternidades de Alto Risco do Estado":

Diz a Nota: "As fotos são marcantes mas precisam ser compartilhadas: trata-se de um Hospital de Referência em Alto Risco do nosso Estado, um dos mais tradicionais, com serviço de residência médica e múltiplas clínicas de ensino e assistência. Entre estas, a Clínica Obstétrica desponta entre as mais antigas de Pernambuco sendo responsável durante décadas pela formação de novos obstetras. 

Atualmente este HR dispõe de uma equipe de profissionais preparada e habilitada nos requisitos técnicos, porém a superlotação dos serviços não permite uma assistência humanizada. Diante do quadro alarmante que nos deparamos, ações de todas as instâncias governamentais, jurídicas, entidades de classe e a população em geral precisam se unir. 

O Estado não consegue suprir a falta de profissionais nos principais hospitais estaduais, a exemplo do Dom Moura em Garanhuns, Jesus Nazareno em Caruaru e Região de Palmares. O Fluxo de pacientes do interior para capital continua intenso. Gestantes peregrinam do interior e superlotam os pré-partos na região metropolitana. 

Médicos, enfermeiros, residentes, e profissionais de nível técnico clamam por uma solução urgente. Um colapso na saúde já era esperado e agora chegou a níveis desumanos e insustentáveis. A hora é de união e reivindicação. 

A foto é do Hospital Barão de Lucena, mas realidade semelhante vivem HC, CISAM, IMIP e principalmente o Hospital Agamenon Magalhães. Nota do SIMEPE também demonstra o apresentado."   (Movimento Popular Nascer Bem)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...