IMAGEM DO DIA

IMAGEM DO DIA

19.12.19

SECA | MS aponta aumento do nível de gravidade da seca no Nordeste




O Monitor de Secas promove o monitoramento regular e periódico da situação da seca, acompanhando sua evolução, classificando-a segundo o grau de severidade dos impactos observados.

Em seu mapa mais recente, o Monitor de Secas aponta avanço do nível de seca grave na região Nordeste. A ferramenta indica aumento no percentual do nível de gravidade entre o mês outubro a novembro.

Os impactos com a gravidade da seca no nordeste já são conhecidos: perdas de cultura ou pastagens, escassez e restrição de água imposta.

De acordo com o monitoramento divulgado nesta semana, a região apresenta atualmente 88,61% do seu território com algum nível de seca, mas está abaixo do índice de 2018 quando a região tinha mais de 90% do território em situação de seca extrema.

Apesar de não ser a única variável usada para classificar a presença ou não da estiagem, a redução da chuva nesta época do ano acaba contribuindo para o avanço dela. Outro indicativo para a situação crítica é o atual nível dos açudes.

O projeto Monitor das Secas é coordenado pela Agência Nacional de Águas (ANA), com o apoio da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), e desenvolvido conjuntamente com diversas instituições estaduais e federais ligadas às áreas de clima e recursos hídricos.

A presença de secas mais longas e com menor período de intervalo entre elas, na região do Nordeste, já era prevista nos relatórios sobre aquecimento global divulgados pela ONU desde 2007. Infelizmente a previsão tem se confirmado e tende a piorar, visto que a questão do aquecimento global só tem se agravado desde então.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...