IMAGEM DO DIA

IMAGEM DO DIA

5.2.20

TUPARETAMA | Como foi a primeira sessão ordinária de 2020 da Câmara de Vereadores


Sessão Ordinária de 03/02/2020 
Do blog da Câmara de Tuparetama

A primeira sessão ordinária de 2020 foi realizada no dia 03 de fevereiro, segunda-feira, com início às 8h da manhã. A sessão foi presidida pelo vereador Danilo Augusto (PDT) estando presentes os vereadores Plécio Galvão (PSL) Vanda Lúcia (PSD) Orlando Ferreira (MDB) Valmir Tunú (DEM) Evaldo Daví (PSD) Diógenes Patriota (SD) e Arlã Markson (PSDB). 

Na abertura da sessão o presidente Danilo Augusto saudou o público presente no Plenário e os internautas que acompanham a sessão pelas redes sociais e rádio Bom Jesus FM. Foi apresentado em nome da Câmara os votos de pesar pelo falecimento dos cidadãos Dudu Bante e Juclean Gabriel de Lima

A 1ª secretária, vereadora Vanda Lúcia leu os Requerimentos apresentados, entre eles um dos vereadores da situação para que seja iniciado o processo de apreciação e votação das contas de governo da gestão municipal exercício 2015 e outro do vereador Plécio convocando construtora da Academia da Cidade no Distrito Santa Rita para esclarecimentos.

Diógenes Patriota divulgou suas páginas nas redes sociais e justificou réu requerimento solicitando construção de banheiros da FUNASA na comunidade Santo Agostinho. Disse que visitou com deputado Gonzaga Patriota, em Recife, o setor do Programa Leite Para Todos e que a secretaria estadual já está resolvendo as pendências junto ao laticínio fornecedor e que a previsão é de 30 dias para regularizar os atrasos na entrega do leite em nossa cidade. 

Valmir Tunu ressaltou a importância da chegada das chuvas e agradeceu a atenção do prefeito ao seu requerimento solicitando a iluminação do trecho entre o Cemitério e o Posto Dislub na saída da cidade, ressaltando que em breve a iluminação será instalada. Sobre o ônibus escolar falou que o deputado Gonzaga Patriota prometeu acelerar a liberação dos recursos para aquisição do veículo que será destinado aos estudantes universitários. 

Orlando Ferreira saudou a todos e expôs sua opinião de que o recesso da Câmara ainda está longo, deveria ser de 30 dias, pois há muitos trabalhos a serem feitos. Demonstrou seu contentamento com a volta das chuvas e  comentou sobre o trabalho dos vereadores, que é sobretudo o de fiscalizar a aplicação dos recursos públicos e as obras no município. Criticou a falta de seriedade de muitos colegas vereadores tanto na legislatura atual quanto em outras anteriores. "Seria bom que tomassem consciência do papel do vereador, que é sobretudo fiscalizar até o próprio pai se por ventura esse pai fosse o prefeito da cidade.” exemplificou.  

Plécio Galvão saudou a todos e falou sobre o sentimento de revolta na população com a atual gestão. “O que mais se vê são indícios de desvios, obras de fachada apenas para tapeação" disse. Comentou que o interesse do gestor é somente pelos votos, a troco de feiras e promessa de empregos, só humilhação para quem tem necessidade. Voltou a alertar sobre o Funpretu que se encontra em situação de falência sem que o prefeito tome providências. Também fez críticas sobre a ausência de repasse das parcelas dos empréstimos consignados aos bancos, prejudicando os funcionários. “A gestão continua passando por cima das leis” comentou.  o vereador denunciou que o pagamento do transporte escolar está atrasado e que motoristas aguentam calados com medo de reclamar para não perder os contratos. Trouxe a informação de que a fiscalização dos poços perfurados pela prefeitura detectou irregularidade e que o prefeito será punido por cavar poços em outros municípios, que no seu entendimento agiu assim fazendo politicagem e que terá que devolver parte dos recursos. Chamou a família do gestor de Família Real e convocou a população para se manifestar contra as irregularidades, ajudando os vereadores na fiscalização. 

Danilo Augusto ressaltou a importância da pluralidade de pensamento e de postura dos vereadores, que não resume apenas a dois lados, oposição e situação. Que críticas e reclamações são naturais e fazem parte do processo democrático, mas que é preciso ter ordem e decência sem atingir a moral e a vida pessoal de cada vereador ou do gestor. Falou sobre os empréstimos consignados, que em visita com outros vereadores às gerências dos bancos foi constatada a irregularidade da prefeitura que recolhe as parcelas dos salários dos servidores mas não está repassando para os bancos. 

Colocados em votação, foram aprovados os requerimentos do vereador Diogenes Patriota (construção de banheiros) e de Plécio Galvão convocando representante da empresa responsável pela construção das Academias da Saúde em Santa Rita e Bairro Bom Jesus, além do requerimento solicitando as informações sobre os gastos feitos com os recursos recebidos do pré-sal. Também foi aprovado requerimento de Plécio Galvão solicitando aumento da área do cemitério do Bairro Bom Jesus.

Assista na íntegra a Sessão de 03/02/2020

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...